28.8.13

Silver Lining (17/17)

TítuloLado Bom
Resumo: Lois e Clark apresentam Chloe e Oliver quando os dois estão lidando com muita coisa em suas vidas. Completamente AU. Sétima temporada.
Autoraschloeas e dl_greenarrow
Classificação: NC-17
Nota das Autoras: Feliz Aniversário ao Chlollie4ever! Vocês têm sido maravilhosos apoiadores das nossas histórias e o trabalho que vocês fazem compartilhando-as através das traduções é incrível. Obrigada por manter o amor por Chlollie vivo e esperamos que vocês tenham mais aniversários por vir!
Anteriores01 :: 02 :: 03 :: 04 :: 05 :: 06 :: 07 :: 08 :: 09 :: 10 :: 11 :: 12 :: 13 :: 14 :: 15 :: 16




Demorou alguns dias de planejamento para ele realizar o que tinha em mente. Ele passou o dia inteiro cozinhando depois de passar a manhã preparando a decoração. Não só o lugar estava ótimo, mas a comida, que ele tinha garantido que ficasse perfeita, impressionou até ele. Quando terminou a comida, ele olhou para o relógio sorrindo. Ela deveria chegar em quinze minutos. Ele se certificou que os bilhetes estivessem todos em seus lugares e então foi até o telhado com a cesta de piquenique na mão.

Chloe sentiu o cheiro da comida no segundo que as portas do elevador abriram, balançando a cabeça, ela sorriu. "Ollie? Eu disse que você não precisava fazer nada", ela falou enquanto adentrava a Torre do Relógio. "Eu estava falando com Bart e ele acha que encontrou uma nova insta--" Ela parou quando percebeu que o lugar todo, incluindo a cozinha, estava completamente em silêncio. "Ollie?" Ela chamou, então quando estava prestes a deixar a bolsa no sofá, como sempre fazia, viu um bilhete, reconhecendo a letra dele instantaneamente.

Franzindo a testa, ela pegou o papel em forma de estrela e parou quando leu. 'Você tem um sorriso de tirar o fôlego.' Parando, Chloe balançou um pouco a cabeça. "Ollie, o que é isto?" Ela perguntou, percebendo outro bilhete no corredor, ela foi até lá e o pegou. 'Amo seus olhos.'

Respirando fundo, Chloe continuou pelo corredor, pegando mais bilhetes enquanto seguia, todos tinham pequenos elogios que estavam fazendo seu coração pular enquanto lia. Os bilhetes a levaram até o quarto dele, e ela esperava vê-lo ali, mas tudo que encontrou foi outro bilhete na cama onde se lia 'Encontre-me no telhado.'

Seu coração estava acelerado enquanto subia as escadas, ela não fazia ideia do que esperar, mas estava nervosa. "Ollie?" Ela chamou de novo quando estava na metade da escada.

"Vem aqui", ele respondeu, e ela podia jurar que estava ouvindo o som de... ondas do mar? "Tire os sapatos antes de subir."

Franzindo a testa, ela fez o que ele sugeriu, sentindo o calor vindo do telhado, embora estivesse gelando lá fora. Quando chegou no topo da escada, ela paralisou completamente. Aquilo era... areia? Por todo o telhado. Aquecedores e lâmpadas faziam parte da decoração que imitava uma praia, junto com uma pequena palmeira e uma cesta de piquenique no meio de tudo. Seus olhos arregalaram enquanto absorvia tudo, então se concentrou nele, completamente sem saber o que dizer.

"Bem-vinda à praia", ele disse com um sorriso brilhante enquanto ia na direção dela, estendendo a mão.

Ela pegou a mão dele e olhou para a areia enquanto pisava cuidadosamente, indo até ele. A sensação da areia sob os pés, mais o calor e o som de ondas fazia tudo parecer surreal. Como um sonho que você não consegue entender. "O que é tudo isso?" Ela perguntou, incerta enquanto se concentrava nele de novo.

"Eu queria fazer alguma coisa especial pra você", ele admitiu, mantendo o olhar e apertando a mão dela, então levando-a até seus lábios e beijando-a.

Chloe apertou a mão dele e prendeu a respiração. "Por quê?" Ela murmurou antes que pudesse se impedir.

"Eu queria há algum tempo", ele disse, levando a mão até o rosto dela. "Porque você merece coisas especiais. Porque... Chloe, você é especial."

Ela engoliu seco enquanto olhava pra ele, então balançou um pouco a cabeça. "Oliver..." Ela queria dizer mais alguma coisa, mas não sabia o quê.

"É verdade", ele disse sinceramente. "Você é especial. Eu acho você maravilhosa." Ele gentilmente a puxou na direção da área de piquenique, onde uma toalha estava espalhada.

Ela respirou fundo enquanto seus olhos lacrimejavam um pouco, concentrando-se na areia enquanto caminhava com ele.

Oliver se ajoelhou, olhando pra ela e puxando a mão dela para que ela fizesse o mesmo. "Você está linda", ele disse baixinho.

Chloe se ajoelhou ao lado dele e tomou um momento antes de olhar pra ele de novo. Ela queria perguntar porque de novo, mas sabia que receberia a mesma resposta. "Você não tinha que fazer tudo isso."

"Não, mas eu realmente queria", ele disse a ela, procurando seus olhos. Ele pegou a cesta de piquenique e pegou uma pequena caixa embrulhada, prendendo a respiração antes de entregar a ela.

Ela piscou algumas vezes e olhou para a caixa e de volta pra ele mas não a pegou.

"Não é nada demais. Eu só vi e tive que comprar pra você", ele admitiu com um pequeno sorriso.

Apertando os lábios, ela pegou a caixa e abriu antes de arfar quando viu um colar lá dentro. Ela o pegou cuidadosamente e sorriu um pouco quando percebeu que tinha seu nome gravado. "Obrigada", ela sussurrou, olhando pra ele.

"De nada", ele disse baixinho.

Chloe hesitou, então se sentou. "Eu não entendo o que está acontecendo", ela admitiu, colocando a caixa no colo enquanto olhava pra ele.

Ele a observou por um momento. "Eu sei que concordamos que não deixaríamos isso virar nada mais, mas... já não virou?" Sua voz era suave. "Chloe, você é primeira coisa em minha mente toda manhã e a última quando vou dormir. Eu penso em você o tempo todo durante o dia..." Ele olhou pra ela intensamente. "Eu sei que você tem medo de se ferir, mas eu não sou Jimmy Olsen. Eu jamais faria alguma coisa intencionalmente para magoar você."

Ela sentiu os olhos encherem de lágrimas, seu peito apertado enquanto o observava, então olhou para baixo, respirando fundo. "Eu sei que não", ela sussurrou, a voz tremendo.

Ele estendeu a mão, gentilmente segurando o rosto dela. "Chloe, eu te amo", ele admitiu num sussurro. "Há algum tempo. Eu não queria forçar nada senão teria dito antes."

"Eu também te amo", ela admitiu, olhando pra ele de novo e respirando fundo. "E este é o problema."

"Por que é um problema?" ele perguntou, segurando a mão dela. "Vamos conseguir juntos."

Ela olhou para baixo por um momento. "Eu não quero perder você."

Oliver ficou em silêncio por um momento. "Por causa da história do Arqueiro Verde?" ele perguntou.

"O quê?" Ela perguntou, confusa por um instante, então balançou a cabeça. "Não. Não isso. Eu só... quanto mais envolvidos estivermos, pior será se der errado", ela disse baixinho, olhando pra ele. "E se tornarmos isso oficial... vamos ficar ainda mais próximos e isso é assustador."

Ele relaxou a isso, assentindo levemente em compreensão. "Já estamos ficando cada vez mais próximos", ele disse. "E estamos juntos de todas as formas, menos nesta." Ele correu o polegar pela mão dela.

"Eu sei", ela respondeu. Ela tinha tentado ignorar o máximo possível, mas sabia que era verdade, há algum tempo.

"Eu acho que temos algo maravilhoso", ele disse, entrelaçando seus dedos. "E eu acho que pode ser ainda melhor se estivermos dispostos a tentar."

"E se der errado?" Ela perguntou num sussurro.

"É aí que temos que ter fé", ele sussurrou de volta. "Eu não acho que tem que dar errado."

"Eu só não quero perder você", ela admitiu, mantendo o olhar.

"Não vai", ele disse sinceramente. "Mesmo que não der certo... Chloe, você é minha melhor amiga. Você está presa comigo de um jeito ou de outro."

"Promete?" Ela perguntou um pouco mais esperançosa que antes.

"Prometo", ele disse com um sorriso.

"Porque eu não posso perder meu melhor amigo", ela disse.

"E você nunca vai." Ele se inclinou e beijou o rosto dela. "Viu, acho que estamos no caminho certo. Nos tornamos melhores amigos primeiro."

Ela sentiu o peito apertar e assentiu. "Espero que sim."

"Vamos fazer o mesmo acordo que fizemos quando acrescentamos os benefícios como parte do nosso relacionamento", ele sugeriu. "Vamos manter a amizade sempre em primeiro lugar. E acho que ficaremos bem."

"Ok", ela concordou, aproximando-se dele e segurando seu rosto. "Acho que pode funcionar."

Oliver sorriu assentindo. "Agora, eu estava pensando. Lembra algumas semanas atrás quando você ofereceu ir para Star City comigo numa próxima vez?"

"Sim", ela disse, erguendo as sobrancelhas.

"Bem, eu preciso ir pra lá daqui a umas duas semanas. Ficarei três dias. Estaria interessada em me acompanhar?" Ele sorriu.

"Estes três dias incluirão um fim de semana?" Ela perguntou, seu coração acelerado de novo.

Ele assentiu. "O que você acha, Linda? Quer conhecer minha cidade?"

"Definitivamente", ela concordou com um sorriso. "Se você sente tanta falta a ponto de criar uma praia no Kansas."

"Isto foi tudo pra você", ele disse, beijando seu nariz.

Ela prendeu a respiração e olhou pra ele por um momento antes de se aproximar de novo e beijá-lo profundamente enquanto segurava sua nuca.

Ele a beijou de volta, sorrindo contra sua boca. Tarefa cumprida, ele pensou.

***

As coisas tinham funcionado entre eles, afinal. Então exatamente um ano depois de terem sido apresentados na fazenda, Chloe se encontrou dizendo 'eu aceito' pela segunda vez em sua vida. Exceto que desta vez, parecia certo. Como esperado, Cat publicou alguns artigos sobre eles, e depois disso, começaram a ser seguidos por paparazzi em todos os lugares. As fotos vinham com histórias que diziam coisas terríveis sobre eles, mas mais sobre ela. E Chloe não tinha que pensar muito pra saber quem estava alimentando a imprensa com todas as mentiras. Mas as histórias, as fotos e a loucura da mídia só serviram para aproximá-los ainda mais.

Se eles eram inseparáveis antes, acabaram ficando ainda mais grudados. A amizade ficou mais forte e passaram a se conhecer ainda melhor. Além disso, vinham trabalhando incessantemente com Impulse, o codinome de Bart, Aquaman e Escoteiro para fechar as instalações de Lex. O que significava que mesmo quando não estavam juntos, estavam se comunicando um com o outro sobre o trabalho.

Depois de apenas seis meses morando em seu apartamento em Metrópolis, Chloe desistiu e se mudou para a Torre do Relógio. Não fazia sentido terem dois apartamentos quando sempre passavam as noites juntos e, além disso, Lois e Clark decidiram que queriam um lugar na cidade, então mudaram pra lá.

Apesar disso tudo, ela ficou surpresa quando Oliver a pediu em casamento, mas nunca hesitou antes de aceitar. Quanto mais ficavam juntos, mais percebiam que a razão de seus relacionamentos passados terem falhado não tinha nada a ver com o que eram, ou com o que tinham feito, tinha a ver simplesmente com o fato de que não estavam juntos.

O casamento foi incrivelmente simples. Eles celebraram com apenas uma dúzia de pessoas, numa praia privada de Oliver na mansão de seus pais em Star City e tudo correu perfeitamente. Assim que terminaram de tirar as fotos, foram em direção aos convidados, mas Chloe não parava de olhar pra ele, e sorrir. "Eu acredito que estamos indo bem", ela disse, apertando sua mão enquanto caminhavam juntos. "Qualquer coisa que der errado agora, não importa mais." Apesar de como tudo parecia certo, ela ainda estava um pouco apreensiva que algo desse errado, porque era o que tendia a acontecer em eventos importantes.

"Agora é uma boa hora pra eu te falar 'eu te disse'?" ele brincou, entrelaçando seus dedos.

"Tem o que, uma hora antes de irmos para nossa lua-de-mel? Acho que você esperar um pouco mais, caso seja necessário", ela brincou, apertando a mão dele.

Ele deu risada. "Certo. Podemos esperar um pouco mais."

"Obrigada", ela disse com um sorriso. "Embora, eu acho que não importa mais, já está feito afinal. Você está preso comigo."

"E você está presa comigo", ele disse com um sorriso. "Também, você está linda. Caso eu não tenha dito."

"Não nos últimos dez minutos", ela brincou com um risinho. Sua auto-estima tinha melhorado muito. Graças a ele.

"Droga, eu estou em débito. Bem, você está maravilhosa."

Ela levou a mão dele até seus lábios e deu um beijo ali, sorrindo. "Você também está maravilhoso."

"Somos um casal muito lindo." Ele sorriu de volta pra ela, girando-a ao redor para que ela ficasse de frente pra ele.

Chloe se aproximou dele facilmente e levou as mãos até os seus braços. "Somos."

Oliver beijou sua boca suavemente. "Eu te amo."

"Eu te amo", ela sussurrou contra seus lábios, sorrindo.

"Vamos, vocês dois. Tem uma festa esperando por vocês!"

Chloe sorriu enquanto se afastava, mas manteve os olhos em Oliver por mais um momento antes de olhar para sua prima. "Sabemos, estamos chegando."

"Bem, vamos lá, ou o bolo vai acabar. Eu tive que lutar para manter Clark e Bart longes", Lois reclamou.

Ela se afastou relutante de Oliver, mas continuou segurando a mão dele. "Vamos, temos que ser sociáveis."

"Ser sociável está ultrapassado", ele resmungou.

"Concordo", ela disse. "Mas pelo menos, temos que fazer isso apenas por uma hora."

Ele prendeu a respiração e soltou devagar. "Certo. Vamos fazer isso."

Respirando fundo, ela assentiu e foi com ele em direção a pequena multidão. Era perfeito também. Só algumas pessoas, pessoas de quem gostavam. "Certo, ouvi dizer que é hora da festa?"

"Vamos dançar, Sra. Queen", ele disse levemente, assentindo na direção de Bart, que bancava o DJ do evento.

"Espera", Lois disse, subindo em uma cadeira.

"Oh, lá vamos nós", Chloe murmurou para Oliver.

Clark deu risada, mas colocou uma mão nas costas dela para segurá-la.

"Então obviamente estes dois estão aqui agora porque eu tenho excelente gosto para amigos, e fui abençoada com uma prima maravilhosa." Lois disse. "Sim, é isso mesmo. Eu apresentei o feliz casal há exatamente um ano."

Chloe relaxou um pouco e sorriu para sua prima, assentindo. "Eu gostaria de pontuar que eu a apresentei a Clark, então idem a tudo isso no casamento deles", ela acrescentou.

"Temos um excelente bom gosto", Lois concordou. "E esta é a parte onde eu tenho que fazer uma pequena confissão."

Oliver ergueu uma sobrancelha, olhando de Lois para Chloe.

Ela olhou de volta para Oliver e então se concentrou em Lois, erguendo as sobrancelhas para sua prima.

"É possível que eu tenha dado o jantar naquela noite na esperança que vocês dois percebessem o quanto tinham em comum e ficassem juntos." Ela sorriu, dando de ombros.

Quando Chloe olhou pra ele, Clark assentiu e sorriu. "Funcionou."

"Naturalmente", Lois ergueu uma taça de champanhe. "Então a Chloe e Oliver por uma vida inteira de felicidade e a mim porque eu sou maravilhosa."

"Obrigada", Chloe disse enquanto AC entregava a ela e Oliver taças também. Então ela sorriu para Oliver. "Ao plano de Lois que funcionou."

Ele sorriu de volta pra ela, tilintando sua taça na dela. "A todos nós, mas especialmente a você e eu."

"A nós", ela concordou, tilintando sua taça também antes de beber olhando pra ele.

Oliver sorriu. Para sempre.

_________________________________________________________________________

17 comentários:

  1. Anw que lindo gente não acredito que acabou quero mais!!!!! Hahahaha
    Oliver pq sempre tão perfeito?! Que surpresa mais linda eu amei demais essa historia e ainda teve casamento *suspiros* haha obrigado pelo historia e será que já vem mais historias novas por ai ??
    Jami

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jami, que bom que gostou... nós do blog ficamos felicíssimas com a homenagem que a dupla fez ao nosso aniversário e nos premiou com uma história tão linda como essa...

      Sim, já estou finalizando uma que eu queria traduzir há anos, mas que tem capítulos muito longos, mas estou finalizando a tradução, falta só revisar... tem também a continuação de Beauty In The Breakdown... então logo já tem mais... :D

      Excluir
    2. Ain que feliz nas nuvens com essa noticia eu amooo Beauty In The Breakdown :D
      Jami

      Excluir
    3. Eu também, amo Beauty, que bom que a babydee conseguiu um tempinho para voltar a escrever... embora, já devo avisar, a história parece que será triste...

      Excluir
    4. Fiquei até com medo agora :(
      Jami

      Excluir
  2. Acabooooooooooooooooooou :(

    Mas ok. Eu adorei essa fic.
    Fiquei esperando, esperando o drama, o escândalo com o ex de cada um, mas depois passou e nem fez falta.

    Chloe e Oliver se conhecendo, se aproximando, se pegando e se apaixonando bastam *-*
    Adorei a declaração e gesto romântico do final!!! *-*

    Muito amor. Espero que elas deem mais fic ao blog, nós que ganhamos.

    Valeu pela tradução!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, concordo, Roberta, não tivemos que sofrer nessa fic, que bom!!!!!! Foi amor puro e simples... lindo demais! Que bom que também gostou! :D

      Excluir
  3. Eu já ia começar lamento pelo fim, mais já me alegrei em saber que já tem fic prontinha... =DDD

    E que fic maravilhosa, foi mesmo um verdadeiro presente, também fiquei esperando drama ou sofrimento, mas, não... e foi tudo tão lindo, a amizade construída se transformar em amor, e o Ollie sempre um fofura e perfeição, paciente e decidido a mostrar a Chloe que o que eles tinham era real e valia a pena tentar...

    Obrigada pela tradução, e as autoras pelo presente...

    Que venham mais!! \o/

    GIL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim, GIL, e acho que vocês vão gostar muito...

      Nossa, nem me fala, que presente maravilhoso ter uma história puro amor dedicada ao nosso aniversário... ficamos muito felizes...

      Sim, foi uma história perfeita... Pena que acabou.

      Obrigada pela companhia!

      Excluir
  4. Oooooooooooooooooooooooooooooooooh... Que final mais perfeitinho, lindo!!!! Que bom que a Chloe quase não surtou, e que ideia mais original do Oliver recriar a praia! Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, tudo perfeito nesta fic!!!

      Excluir
  5. Essa história é simplesmente fantástica. Essa dedicatória foi um presente e tanto! Não temos como agradecer o carinho de escritoras Chlollie tão excepcionais como essas. Que venham mais histórias dessa dupla...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, ficamos muito honradas e felizes com a homenagem. Que venham mais histórias!

      Excluir
  6. "ao plano de Lois que deu certo"
    Que fic fofa!!! Gostei muito. Queria continuação. :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, bem que podia ter mesmo, essa fic é uma delícia!!!

      Excluir

Google Analytics Alternative