24.8.13

Silver Lining (16/17)

TítuloLado Bom
Resumo: Lois e Clark apresentam Chloe e Oliver quando os dois estão lidando com muita coisa em suas vidas. Completamente AU. Sétima temporada.
Autoraschloeas e dl_greenarrow
Classificação: NC-17
Nota das Autoras: Feliz Aniversário ao Chlollie4ever! Vocês têm sido maravilhosos apoiadores das nossas histórias e o trabalho que vocês fazem compartilhando-as através das traduções é incrível. Obrigada por manter o amor por Chlollie vivo e esperamos que vocês tenham mais aniversários por vir!
Anteriores01 :: 02 :: 03 :: 04 :: 05 :: 06 :: 07 :: 08 :: 09 :: 10 :: 11 :: 12 :: 13 :: 14 :: 15




Passava um pouco das duas da tarde quando Chloe e Oliver finalmente saíram do apartamento dela para ir almoçar. Eles tinham passado a manhã desfazendo as malas e embora tivessem feito muito progresso, ainda havia muito que fazer. "Acho que precisamos nos concentrar no quarto quando voltarmos", ela disse enquanto saíam do prédio. "Será melhor se pelo menos ele estiver pronto."

Ele assentiu concordando. "É o cômodo mais importante da casa", ele disse levemente, olhando para ela enquanto caminhavam.

"Exatamente." Ela sorriu um pouco e passou o braço no dele. "Então onde você quer comer?"

"Algum lugar onde passamos comemorar?" ele sugeriu.

"Eu não sei se estamos vestidos para o Ace of Clubs", ela disse, olhando para seu jeans.

Ele sorriu. "Eu não disse que a celebração tinha que ser formal", ele pontuou, olhando para sua própria roupa.

"Bem, acho que eu deduzi que a celebração teria álcool", ela pontuou, sorrindo também. "Tem aquele pub na sétima, pode ser?"

"Pra mim está ótimo." Ele piscou pra ela enquanto seguiam pela calçada, braços entrelaçados.

"Acho que terminamos hoje, quando Clark e Lois vierem ajudar será mais rápido", ela disse, sorrindo pra ele. A maior parte dos móveis ainda estava no apartamento do Talon, então tinha sido fácil transportar para Metrópolis com a ajuda de Clark. Mas então ele e Lois tinham ido trabalhar e não poderiam voltar para ajudar até que a noite chegasse.

"Sim, acho que sim. O Azul é muito rápido." Ele sorriu.

"Azul? É assim que o chamamos agora? Eu deveria começar a te chamar de Verde?" Ela perguntou baixinho.

Oliver deu risada, soltando o braço dela e envolvendo sua cintura, apertando-a carinhosamente contra ele. "Isso significa que posso te chamar de Loira?" ele brincou.

"Loira não é uma cor de verdade", ela disse enquanto passava o braço ao redor das costas dele. "Meu uniforme é preto, no entanto."

"Dourado é meio que uma cor", ele disse, inclinando a cabeça para o lado.

"Mais ou menos", ela concordou, estreitando os olhos pra ele enquanto refletia.

"Chloe?" Uma voz masculina chamou.

Oliver se virou ao som da voz, erguendo a sobrancelha para o homem mais baixo que tinha chamado o nome de Chloe. Ele tinha cabelo castanho e olhos azuis e usava um casaco e gravata-borboleta. Ele olhou para Chloe confuso.

Chloe também se virou, paralisando ao ver Jimmy ali, e uma Cat muito grávida logo atrás. "Jimmy", ela cumprimentou, sua expressão tão neutra quanto foi possível enquanto olhava para Oliver.

Ao seu lado, Oliver ficou um pouco tenso ao nome do outro homem. Ele mudou o olhar para Jimmy mais uma vez, erguendo a sobrancelha enquanto se aproximava de Chloe inconscientemente.

Cat olhava para os dois, surpresa.

Ao olhar no rosto de Cat, Chloe se endireitou e se concentrou mais uma vez em Oliver. "Estes são Jimmy e Cat", ela disse, não se incomodando com os sobrenomes, ela sabia que ele sabia exatamente quem eram. "E eu tenho certeza que vocês sabem que este é Oliver Queen", ela acrescentou, erguendo as sobrancelhas.

"Certo, a colunista de fofoca e o pai do bebê." Oliver deu um risinho, esfregando a mão nas costas de Chloe e então olhando para ela. "Bom conhecer vocês." Embora seu tom indicasse que ele estava entediado.

Chloe quase deu um risinho à escolha de palavras de Oliver. "Vamos indo", ela disse, erguendo as sobrancelhas. "Eu tenho certeza que te vejo no trabalho."

Jimmy olhou para eles como se fossem atacá-lo. "Certo. Trabalho", ele repetiu enquanto Chloe e Oliver passavam por eles e continuavam seu caminho.

"Bom conhecê-lo, Sr. Queen!" Cat disse.

Revirando os olhos, Chloe olhou para Oliver, mas permaneceu em silêncio enquanto se afastavam.

Ele bufou ao ouvir a resposta, balançando levemente a cabeça e olhou para Chloe. "Sério?"

"Está é Cat Grant", ela disse, balançando a cabeça.

Ele ficou em silêncio por um momento enquanto caminhavam. "E aquele era Jimmy Olsen."

"Aquele era Jimmy Olsen", ela confirmou, apertando os lábios enquanto olhava pra ele.

Oliver encontrou seu olhar e ergueu uma sobrancelha, permanecendo em silêncio.

"Eu não o tinha visto ainda, bem, eu meio que o vi quando ele veio para o Planeta semana passada, mas eu fingi que não vi", ela admitiu. "Acho que eu deveria me acostumar em tê-lo por perto."

"Parece que ele estará por perto", ele concordou lentamente, correndo o polegar sobre o quadril dela.

Chloe olhou por sobre o ombro para garantir que não estivessem sendo seguidos e respirou fundo enquanto se aproximava de Oliver. "É estranho. Vê-lo não doeu como eu achei que doeria", ela admitiu, apertando os lábios. "Mais porque eu odeio que ele tenha me enganado. Mas não sinto nenhuma falta dele."

"Bem, fico feliz em ouvir isso", Oliver disse honestamente. "Eu tenho uma pergunta pra te fazer, no entanto, agora que já conheci o cara."

Ela franziu o nariz um pouco e inclinou a cabeça. "Ok?"

"Como exatamente você acabou ficando com... bem, ele?" ele perguntou, voz curiosa.

"Eu sabia", ela disse, dando um sorriso e balançando a cabeça. "Você sabia que eu fui apaixonada por Clark durante quase todo o colégio?"

Oliver balançou a cabeça. "Não sabia", ele disse, olhando pra ela.

"Bem, eu fui. E ele nunca me viu do mesmo jeito, o que é uma coisa boa porque provavelmente não seríamos bons amigos agora." Ela respirou fundo. "Enfim, eu conheci Jimmy enquanto estagiava no Planeta, e ele prestou atenção em mim", ela disse, dando de ombros.

"Então há muito tempo atrás, ele não era um completo idiota", ele resumiu.

Sorrindo um pouco, ela deu de ombros de novo. "Gosto de pensar que ele não era, sabe, é melhor para o meu ego. Lois discorda, no entanto."

"Bem, se ele se interessou por você, então isso mostra que em algum momento ele teve bom gosto", ele disse a ela enquanto se aproximavam do pub.

"Obrigada", ela disse sinceramente, sorrindo pra ele. "Fico feliz que você estivesse comigo quando de fato o encontrei."

"Eu também", ele disse a ela, abrindo a porta para ela entrar e sorrindo de volta.

Chloe respirou fundo enquanto entrava no pub, então parou. Ela olhou para Oliver, sua expressão preocupada, mas permaneceu em silêncio enquanto iam até a mesa.

Ele percebeu a expressão no rosto dela. "O que foi?"

"Cat", ela disse, olhando pra ele. "Eu não sei se ela publicaria alguma coisa porque ela me odeia, mas ela é a colunista de fofocas."

"Você acha que Perry deixaria que ela publicasse sobre um colega de trabalho?" ele perguntou, franzindo a testa.

"Bem pensado, mas não significa que ela não possa vender a história para outro jornal", ela disse.

"Estou surpreso que o contrato dela permita isso." Ele se recostou na cadeira.

"Ela pode desde que use um pseudônimo. Tem algumas coisas que o Planeta não pode publicar, mas algumas vezes podemos em jornais menores até que haja mais evidências para podermos publicar no Planeta", ela disse a ele e suspirou. "Como eu disse, eu não sei se ela o faria porque significaria dizer que estou saindo com um bilionário."

Ele a estudou por um momento. "Bem, eu não estou preocupado, e se ela ou outra pessoa tentar publicar algo que seja incorreto, aciono meus advogados."

"Ok", ela concordou, relaxando um pouco. "Quer dizer, não me importa. Certamente seria ótimo para uma pessoa que foi dispensada por Jimmy Olsen, mas pode virar um bagunça."

"Como?" ele perguntou, curioso em ouvir suas razões.

"Bem, imprensa, paparazzi, você sabe como é", ela disse, fazendo uma cara. "E Lois."

"Ah, Lois." Ele assentiu levemente, observando-a enquanto pegava sua água e tomava um gole.

"Estou surpresa que ela ainda não tenha dito nada." Chloe admitiu.

"Dê tempo a ela", ele brincou, devolvendo o copo à mesa.

"Eu sei", Chloe concordou e então balançou a cabeça.

"Eu acho que ela só se preocupa com você", ele falou baixinho. "Ela não quer te ver ferida."

"Eu sei", ela disse, tomando sua água também. "Eu só não quero que ela imagine coisas."

"Como a possibilidade de você ser magoada?" ele perguntou.

"Não, eu acho que ela te conhece bem pra pensar isso", ela disse, sorrindo um pouco. "Mais sobre o relacionamento em si."

Oliver assentiu, tomando mais um gole de sua água, e cutucando o pé dela com o seu por baixo da mesa.

Ela respirou fundo e sorriu enquanto se endireitava. "Acho que vamos nos preocupar com ela quando chegar a hora."

"Não há razão em se preocupar com coisas até que elas de fato aconteçam", ele concordou, oferecendo-a um sorriso. Ele olhou para cima enquanto um atendente se aproximava para anotar seus pedidos.

"Algo frito?" Chloe perguntou a Oliver, sorrindo antes de pedir dois pratos gordurosos com uma bebida.

Oliver pediu um sanduíche de frango com salada. "Esse o máximo de fritura pra mim", ele brincou.

"Ok, vou manter Lois como minha parceira de pub", ela disse, zombando dele.

Ele arregalou os olhos. "Bem, isso é rude, Chloe."

"Você pediu uma salada num pub, Oliver. Tenho certeza que existe uma regra contra isso em algum lugar", ela pontuou.

"Hah, eu te desafio a encontrar tal regra nos manuais", ele respondeu com um risinho.

"Vou fazer minhas pesquisas", ela disse, sorrindo de volta.

"Bom. Mal posso esperar pelos resultados."

Foi a vez dela de cutucar o pé dele. "Espero que você goste de estar errado."

"Eu raramente estou", ele respondeu, dando um risinho enquanto cutucava o pé dela de volta, completamente alheio a presença de outra pessoa no restaurante.

***

Oliver se jogou na cama de Chloe, que demorou quase uma hora e meia para ser montada. Quando você acrescenta o fato de que eles também montaram o resto dos móveis do quarto e desempacotaram praticamente tudo que levaram, e guardaram em seus devidos lugares, ele sabia que havia uma razão para estarem cansados. "Eu retiro o que eu disse mais cedo."

"O quê?" Ela perguntou, já se deitando na cama e virando a cabeça na direção dele.

"Você tem muita coisa", ele reclamou.

"Eu só tenho o essencial", ela disse, cutucando sua lateral.

Ele sorriu, balançando a cabeça e se afastando dela. "Oitenta mil pares de sapatos não é essencial."

"Você devia agradecer que a mudança não seja de Lois", ela disse a ele, estendendo a mão até sua camisa.

"Oh, acredite em mim, eu estou", ele garantiu, segurando a mão dela.

"Então pare de choramingar, Arqueiro. Ou vou fazer você ir buscar mais café pra mim", ela ameaçou, puxando a mão dele.

"Oh, você vai me fazer, huh?" Ele deu um risinho, deitando-se de lado e puxando a mão dela gentilmente.

"Eu vou", ela prometeu, inclinando a cabeça para olhar pra ele e sorrindo.

Ele não pôde deixar de sorrir de volta, balançando a cabeça, então começando a fazer cócegas nela. "Você não me assusta, Torre."

Chloe arfou e se afastou. "Não faça eu me mover", ela reclamou, tentando segurar a mão dele.

Ele deu risada, afastando a mão e se deitando novamente de costas. "Acho que não deveríamos nos mover até termos umas catorze horas de sono." Ele fechou os olhos.

"Eu concordaria se não estivesse com fome", ela disse, respirando fundo e virando-se pra ele. "No entanto, eu acho que dormir um pouco antes de comer pode funcionar."

"Você vai conseguir dormir com fome?"

"Eu estou exausta, então sim", ela disse, respirando fundo e fechando os olhos. "Pelo menos a cama é confortável."

"Concordo", ele disse, bocejando. Então se sentou, estreitando os olhos.

Chloe franziu a testa, abrindo os olhos quando o sentiu se mover. "O quê?"

"Eu ouvi alguma coisa", ele disse a ela, mas parou quando viu Clark e Lois entrando no quarto. "Intrusos", ele sorriu.

"Agora vocês chegam", Chloe disse, sentando-se também e sorrindo pra eles.

"Trouxemos pizza." Clark anunciou, mostrando as caixas em sua mão.

"Maravilha. Chloe acabou de dizer que estava com fome." Oliver sorriu pra ela, descendo da cama e estendendo a mão para ajudá-la a descer.

"Faminta", ela o corrigiu, pegando sua mão e também se levantando. "Pelo menos podemos usar a mesinha de café."

"Mas não faminta suficiente para não conseguir dormir", ele brincou, dando um risinho.

Lois olhou pra eles dando um risinho também. "Vamos comer. Chloe não é a única com fome."

"Muita energia", ela disse, sorrindo pra ele enquanto saíam do quarto.

"Trouxemos refrigerante e guardanapos também", Clark anunciou enquanto colocava as pizzas na mesa.

"Vocês pensaram em tudo", Oliver comentou, erguendo as sobrancelhas enquanto se sentava no chão da sala.

"Normalmente pensamos", Lois respondeu.

"Obrigada", Chloe disse enquanto se sentava ao lado de Oliver. "Conseguimos terminar o quarto."

"Nós vimos", Lois disse, abrindo uma das caixas e pegando uma fatia. Ela deu uma grande mordida, gemendo e então recostando-se em Clark.

Clark sorriu e passou um braço ao redor dela enquanto também pegava uma fatia. "Melhor?"

"Aparentemente, pornograficamente", Chloe disse, franzindo o nariz para sua prima enquanto pegava uma fatia também.

"Falando em pornografia", Lois disse, a boca cheia de comida enquanto olhava para a prima.

"O quê?" Chloe perguntou, erguendo as sobrancelhas para Lois. Eles estavam completamente vestidos desta vez.

Oliver prendeu a respiração enquanto pegava uma fatia de pizza. "O cheiro está bom", ele comentou, tentando mudar o assunto.

Clark franziu um pouco a testa, então deu de ombros e se concentrou em Oliver. "É de um lugar a duas portas daqui, se for boa, Chloe está com sorte."

"Especialmente se eles entregarem também", ele concordou.

"Eles entregam", Clark disse com um sorriso.

Chloe manteve os olhos em Lois por um momento, então respirou fundo e assentiu para Clark. "É muito boa."

"Aposto que você e Ollie vão comer muita pizza de lá", Lois disse casualmente.

Clark olhou para Lois, uma expressão confusa no rosto. "Tenho certeza que entrega no apartamento dele também", ele sugeriu.

"Enfim, não é longe", ela disse, dando de ombros e sorrindo para ele.

Oliver olhou de lado para Chloe.

Revirando os olhos, Chloe balançou a cabeça, olhando para Oliver também, então de volta para Lois. "Então, encontramos Jimmy e Cat quando fomos almoçar." Isso a manteria longe de outros assuntos por um tempo.

Estreitando os olhos, Lois voltou a atenção para sua prima. "Como foi?"

"Estranho como era esperado. Só os apresentei e então saímos", ela disse a Lois.

"Então você estava com ela?" Lois perguntou a Ollie.

"Estava", ele confirmou, dando uma mordida na pizza e mastigando rapidamente.

"Cat quase morreu quando percebeu quem ele era", Chloe disse, revirando os olhos.

"Ela deve escrever sobre isso", Clark acrescentou, franzindo a testa preocupado.

"Sim, já discutimos isso na verdade", Oliver disse a ele.

"Ollie tem advogados se ela escrever, e ele tem razão sobre Perry não deixá-la publicar, então acho que ficaremos bem", Chloe disse com um dar de ombros.

"E minha reputação não está tão ruim como antes, então mesmo que sejamos ligados pela imprensa, o resultado não deve ser tão ruim", ele acrescentou, descendo o olhar até sua fatia de pizza.

Chloe apertou os lábios e estendeu a mão, dando um tapinha na perna de Oliver sem nem pensar. "Eu não estou preocupada com isso. Deixe que pensem o que quiserem."

Ele sorriu um pouco a isso, dando uma mordida em sua fatia e olhando pra ela.

Ela sorriu de volta, mantendo o olhar. A última coisa que ela queria era que ele pensasse que ela teria vergonha de ser vista com ele, de alguém pensar que estavam namorando. Ela não queria analisar porque era tão importante pra ela que ele entendesse isso, mas era.

Clark parou e observou os dois por um momento, então olhou para Lois.

Lois lhe deu um olhar significativo, dando um tapinha nas costas dele levemente.

Quando Chloe percebeu Lois e Clark olhando pra eles, ela afastou a mão rapidamente e respirou fundo, concentrando-se de volta na comida.

Oliver olhou pra ela um momento a mais, então voltou-se para sua comida também.

Lois sorriu mais uma vez. Não é um relacionamento o caramba, ela pensou.

***

Assim que Ollie se ofereceu para tirar o lixo, depois que comeram, Lois não perdeu tempo antes de segui-lo até o elevador. "Eu ajudo!" Ela gritou, embora não estivesse carregando nada.

Ele ergueu uma sobrancelha pra ela. "Como mais eu iria conseguir levar o lixo?" ele brincou, pressionando o botão do térreo.

"Seria incrivelmente solitário", ela garantiu.

"Naturalmente." Ele olhou pra ela enquanto o elevador começava a descer. "O que foi, Lois?"

"Você e Chloe, obviamente", ela disse, dando um risinho e erguendo as sobrancelhas. "Quando vocês vão assumir o relacionamento e serem felizes? Vocês merecem."

"Não conseguiu convencer Chloe, então veio atrás de mim?" ele sugeriu.

"Nem tente, eu conheço minha prima e quando ela está determinada, ela vai continuar a tomar decisões estúpidas não importa o que eu diga. Ela se casou com Jimmy, não se casou?"

Oliver fez uma careta a isso. "Sério, que diabos ela viu nele?"

"Ela não estava com o ego em alta nessa coisa de relacionamentos, ele insistiu umas duas vezes e ela decidiu que nunca encontraria outra pessoa, então foi assim", Lois disse com um suspiro.

"Então eu preciso insistir." Não era um pergunta.

"Não, ela já tem sentimentos por você. Mas, dar um empurrãozinho pra ela oficializar não vai doer."

"Como você sugere que eu faça isso?" ele perguntou curioso.

"Mostre a ela que você está falando sério, que você realmente se importa com ela e que você não se importa com os problemas que ela possa ter", Lois disse com um dar de ombros. "Eu sabia que vocês dois ficariam juntos, só não achei que fosse demorar tanto."

Ele lhe deu um olhar. "É melhor assim."

Lois parou a isso. "Não é não."

"Eu quis dizer que não apressamos as coisas", ele explicou.

"Ah, bom", Lois disse, relaxando e sorrindo pra ele. "Pelo menos um de vocês está ciente."

"Eu estou há um tempo", Oliver confessou, olhando para ela enquanto saíam do elevador. "Eu estava com medo de forçá-la, mas você está certa. Está na hora de agir."

"Claro que estou certa", Lois disse orgulhosa, sorrindo pra ele enquanto pegava seu braço. "Comece a agir, faça alguma coisa romântica, Jimmy nunca fez. Ela não vai conseguir dizer não."

"Nunca fez?" ele perguntou, franzindo a testa enquanto iam até a lixeira.

"Não, aparecer no dia do casamento provavelmente foi a maior coisa que ele fez por ela. E eles se casaram no celeiro porque não podiam pagar outra coisa. E isso foi bom suficiente para Chloe", Lois disse, balançando a cabeça.

"Não me diga", ele murmurou, franzindo ainda mais a testa. "Bem, eu vou pensar em alguma coisa." Algo grande. Algo que a faria não conseguir dizer não.

____________
DEZESSETE

_______________________________________________________________________________

8 comentários:

  1. Aaai agora só falta um não sei se fico triste ou feliz kkkk
    Só eu toh louca pra saber que surpresa é essa que ele vai fazer pra ela?? Super curiosa quero mais logo!
    Beijo ^.^
    Jami

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jami, o outro sai logo mais, beijos!

      Excluir
  2. A-do-rei o encontro dos quatro...
    E também não sei se fico feliz ou triste, já vai acabar... =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena mesmo que já vá acabar, super fofa, né Ciça?

      Excluir
  3. Tem como não ter adorado esse encontro, tem??!! =DDDD

    Também tô louca pra saber qual é essa surpresa, embora triste que já estamos no fim... aiai!!

    GIL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, só um capítulo GIL, sai mais tarde... beijos.

      Excluir
  4. Lois foi perfeita.
    Chloe pensou que não encontraria coisa melhor e aceitou o Jimmy.


    E Ollie tá apaixonado por ela desde antes do hotel, lá atrás *_*

    Poxa. Tá no fim!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, uma pena estar já terminando né, Roberta?

      Excluir

Google Analytics Alternative