20.12.14

From Red To Green (9/9)

TítuloDo Vermelho Ao Verde
Resumo: Uma versão alternativa de Hex e o que aconteceu depois envolvendo Chloe, Ollie e Kriptonita vermelha. 
Autoraschloeas e dl_greenarrow
Classificação: NC-17
Anteriores01 :: 02 :: 03 :: 04 :: 05 :: 06 :: 07 :: 08


Oliver atravessou as portas até a nova base, erguendo um pouco as sobrancelhas enquanto tirava o capuz. "Querida, cheguei." Ele deu um risinho, tirando os óculos e indo na direção de sua estação na Watchtower para começar a guardar seu uniforme.

Chloe se virou de seu computador, ela ainda estava se acostumando ao novo lugar, era enorme e os computadores tinham acabado de ser instalados por ela e Vic, mas era quase definitivamente a base dos sonhos se ela tivesse algum dia pensado em uma. Além do mais era bem no alto e não no porão, e isso lhe dava uma visão muito melhor. Ela deu um risinho ao anúncio e ergueu as sobrancelhas. "Eu sei, eu estava rastreando você."

"Big Sister assistindo", Vic disse com um risinho enquanto entrava em seguida.

Oliver deu um risinho também, mas olhou para onde Chloe estava parada atrás do computador principal. Ela definitivamente pertencia àquele lugar.

"Correu tudo bem então?" Ela perguntou aos quatro assim que adentraram a sala.

"Correu tudo bem", AC disse a ela, assentindo um pouco e dando um olhar a Oliver. Então ele olhou de novo para ela antes de ir para sua estação, um risinho no rosto.

"Você deveria ter ido com a gente, 'Licious!" Bart sorriu pra ela.

"Eu considerarei quando tiver um uniforme", ela sorriu enquanto se virava para olhar para Oliver, confusa pelo que AC estava tentando dizer.

Oliver deu de ombros também, incerto do que AC estava insinuando. "Tudo correu bem aqui?"

"Sim, as máquinas são maravilhosas", ela disse, dando dois passos na direção dele.

Ele sorriu. "Bom." Ele foi na direção dela também, erguendo as sobrancelhas enquanto olhava ao redor, notando que os outros estavam em suas pequenas áreas, guardando os equipamentos.

Chloe olhou para os outros por um segundo, então de volta pra ele, sorrindo, em seguida paralisando e franzindo a testa. "Você está sangrando."

Ele olhou pra baixo, lembrando do ferimento em seu braço. "É só um arranhão."

"Parece mais que isso", ela disse, aproximando-se e segurando-o enquanto inspecionava melhor. "O que aconteceu?"

"O cara com a machete", ele disse com desdém, dando de ombros.

"Aham, só um arranhão?", ela disse, olhando para ele. "É melhor sentar para eu dar uma olhada."

"Preocupada comigo, Torre?" ele brincou, mas obedeceu e se sentou em um dos bancos.

"Eu só prefiro você inteiro, Arqueiro", ela disse, olhando em seus olhos assim que ele se sentou e ficaram na mesma altura.

Um risinho puxou a boca dele. "Certo. Estou sentado." Ele olhou de volta para ela.

Ela olhou para a mesa onde estava o kit de primeiros socorrros e o pegou. "Se for ruim, vamos chamar seu amigo médico."

"Você vai gostar de Emil", ele disse a ela, erguendo as sobrancelhas.

"Ele já nos ajudou antes", ela o relembrou, pegando um algodão, molhando-o e limpando o corte cuidadosamente.

Oliver fez uma careta, então mordeu a parte interna da bochecha para se forçar a permanecer imóvel.

"Dói?" Ela perguntou, erguendo as sobrancelhas e inclinando a cabeça para olhar pra ele.

"Não." Ele balançou a cabeça.

"Bom", ela disse, voltando-se novamente para o braço dele, mas olhando para seu rosto.

"Aham", Bart sorriu, dando um passo à frente.

Oliver piscou algumas vezes e olhou pra ele. "Sim?" Ele ergueu as sobrancelhas.

"Vamos comer ou o quê?"

Chloe olhou para Bart, endireitando-se quando notou os três pares de olhos nela e Oliver. "Eu achei que tivéssemos concordado em sair depois da missão?" Ela perguntou.

"Bem, não sabíamos se os planos tinham mudado." Victor ergueu um pouco as sobrancelhas.

"Por que eles mudariam?" Chloe perguntou, incerta.

"O Chefe ainda não se trocou e parece que isso aí vai demorar", Bart deu um risinho e piscou.

Oliver ergueu ainda mais as sobrancelhas e inclinou a cabeça para o lado. "Bem, eu fui ferido por uma machete", ele pontuou.

AC deu um risinho também. "Sim, sabemos, cara. O que vocês acham de irmos? Eles nos alcançam quando terminarem aqui."

"Não vamos demorar", Chloe tentou, se mexendo desconfortavelmente.

"Sem pressa", Vic disse, indo para o elevador.

"Pessoal, onde vocês estão indo?" Oliver balançou um pouco a cabeça.

"Naquela pizzaria na Main", AC falou por sobre o ombro. "Fica aberta até tarde."

"Não façam nada que eu não faria!" Bart falou enquanto saíam.

Chloe inclinou a cabeça e observou-os partirem antes de se virar para Oliver e erguer as sobrancelhas.

Ele ergueu as mãos, balançando a cabeça. "Não olhe pra mim. Eu não disse nada."

"Nem eu", ela disse a ele, respirando fundo. "Talvez sejamos pior do que imaginamos e não levante seu braço desse jeito", ela franziu a testa, puxando o braço ferido de volta para baixo.

"Bem, pelo menos temos o lugar só pra gente por um momento." Ele ergueu as sobrancelhas sugestivamente.

"E eu preciso terminar de cuidar do corte, então não tenha ideias", ela disse, dando um risinho antes de correr o algodão sobre o corte com mais firmeza.

"Eu já tenho ideias... ai", ele reclamou.

"Achei que você tivesse dito que não estava doendo", Chloe olhou pra ele de novo.

"Eu menti." Ele fez um bico.

Ela deu um risinho e balançou a cabeça. "Bem, aguente, estou quase terminando", ela disse antes de pressionar um beijo no canto de sua boca, então se voltou para o braço.

Ele a observou, um pequeno sorriso nos lábios depois do beijo. Seu braço não machucado envolveu sua cintura, puxando-a um pouco mais perto dele.

Chloe olhou pra ele e sorriu também, aproximando-se, mas ainda com a atenção no braço e no corte que estava limpando, mais gentilmente desta vez.

"Você realmente gosta daqui?" ele perguntou, sua voz suave.

"Sim", ela sussurrou, assentindo. "É realmente maravilhoso, Ollie." Ela olhou para ele de novo, "e você?"

"Acho que é um bom lugar para um novo começo."

"Sim", ela arfou, soltando o algodão e virando-se na direção dele. "É como eu sinto."

Ele encontrou seus olhos, mantendo o olhar e assentindo. "Sim, eu entendo."

Ela sentiu o estômago revirar e ficou olhando para ele por um momento antes de se inclinar e beijá-lo suavemente. "Obrigada por encontrar esse lugar e montar a base."

Oliver segurou o rosto dela. "Obrigado por concordar em ser a Watchtower em tempo integral."

Ela respirou fundo e sorriu. "Depois desta noite", sussurrou, "realmente parece que é aqui onde pertenço."

Ele acariciou sua pele com o polegar. "E é", concordou.

Ela se inclinou ao toque. "Você vai se trocar para irmos encontrar os rapazes?"

Ele ergueu as sobrancelhas. "Bem, eles disseram que o lugar fica aberto até tarde." Ele piscou pra ela, inclinando-se e beijando-a suavemente.

Chloe sorriu contra seus lábios, beijando-o de volta e subindo as mãos pelas laterais de seu corpo. "Verdade, mas você não está com fome? Quer dizer, a noite foi trabalhosa lá fora."

"Oh, eu estou com fome", ele deu um risinho. "Mas não necessariamente de comida."

Ela sorriu e deu de ombros. "Bem, neste caso..." ela aproximou-se, pegando o zíper de seu colete e descendo-o lentamente.

Oliver sorriu de volta pra ela e a beijou mais uma vez.

"Eu sabia!" AC disse com uma gargalhada enquanto ele, Vic e Bart apareciam mais uma vez na porta.

Chloe paralisou e se afastou, olhos arregalando enquanto olhava para Oliver, em vez dos rapazes na porta.

"Todos nós sabíamos", Vic disse, revirando os olhos. "Podemos ir agora? Estou faminto."

Oliver apertou os lábios, mantendo o olhar de Chloe e erguendo um pouco as sobrancelhas. "Vocês não sabem onde se meteram", ele os informou.

Ela respirou fundo e sorriu, em seguida olhando por sobre o ombro. "E também, vamos colocar uma tranca nesta porta."

"Você ficou com a garota, Chefe, o mínimo que você pode fazer é nos pagar a comida." Bart deu um risinho.

"Bem, se vocês não estivessem nos espionando, eu pagaria." Oliver riu de volta, então se levantou.

"Não estaríamos espionando se vocês tivessem dito o que já sabíamos", Vic respondeu.

Ele revirou os olhos. "Vocês vão pagar pelas próprias pizzas. Agora, tchau."

"Vamos pedir uma mesa para cinco", AC falou, "estamos esperando."

Chloe revirou os olhos, mas balançou a cabeça enquanto se virava novamente para Oliver.

"Bem, espero que vocês não estejam com muita fome", Oliver disse, dando um risinho enquanto esperava que saíssem. Ele ergueu as sobrancelhas para Chloe.

Ela expirou quando os rapazes saíram novamente e correu uma mão pelo cabelo. "Três a menos?" Disse, mordendo o lábio inferior.

Ele passou os braços ao redor da cintura dela, puxando-a mais perto. "Vai ficar tudo bem, Maravilhosa", sussurrou, oferecendo a ela um sorriso.

Chloe assentiu, beijando o rosto dele e relutantemente se afastando. "Certo, vá se trocar e vamos comer alguma coisa."

Ele suspirou, levantando-se. "Eu vou matá-los", resmungou, indo se trocar.

"Pelo menos depois do jantar poderemos ir a algum lugar em que a porta possa ser trancada", ela disse a ele, sorrindo.

"Sempre podemos desabilitar a entrada deles", ele riu ao pensamento.

"Deduzindo que tenham de fato deixado o prédio desta vez", ela pontuou, olhando na direção da porta de vidro.

Ele gemeu. "É isso. Segunda-feira vou trocar a porta por outra de aço. Eles terão que usar o código para entrar aqui."

Ela sorriu e balançou a cabeça. "Eles raramente ficam na cidade, Ollie. Acho que ficaremos bem."

"Sim, mas então Clark usará o código", ele pontuou, rindo.

"Ah", ela deu um risinho, balançando a cabeça. "A verdade aparece."

"E eu estou sendo legal em não sugerir uma camada de kriptonita que possa desabilitar a entrada dele completamente."

"Aham, o bate boca entre vocês jamais terminaria", ela deu um risinho.

"Bem, somos maus mesmo." Ele deu um risinho também, abrindo o colete e colocando-o em seu armário.

Ela respirou fundo e o observou se trocar. "Com certeza somos."

Ele parou e se virou pra ela. "Você está me olhando?" brincou.

Chloe parou e ergueu as sobrancelhas inocentemente. "O quê?"

Ele deu um risinho. "Você estava."

"Não faço ideia do que você está falando", ela sorriu.

"Claro que não." Ele piscou pra ela.

"Já está pronto?" Ele riu, "precisamos chegar logo a pizzaria."

"Ainda pensando na pizza, huh?" Ele suspirou. "Acho que vou ter que te alimentar." Ele riu e terminou logo de trocar de roupa, passando um braço ao redor dos ombros dela.

"Você sabe que eles não nos deixarão em paz se não formos", ela disse, passando um braço ao redor dele também.

Oliver deu um beijo em sua têmpora. "Bem, pelo menos não temos mais que fingir que somos apenas amigos perto deles."

Ela sentiu o peito apertar um pouco e assentiu, correndo o nariz na mandíbula dele. "Sim, e eles são homens, então não teremos que responder trezentas perguntas."

"Mas pode ser uma espécie de ensaio." Ele segurou o rosto dela mais uma vez.

Assentindo, ela se inclinou contra ele. "Todo mundo vai saber mais cedo ou mais tarde."

Oliver assentiu, beijando-a. "Vamos embora."

Chloe o beijou de volta, então se afastou, pegando a bolsa e a jaqueta verde que ele lhe dera em seu aniversário. "Vamos."

"Eu já disse que realmente gosto de você usando verde?"

"Talvez, uma ou duas vezes", ela brincou, deslizando o braço na jaqueta.

Ele sorriu. "Se você tiver um uniforme, acho que deveria ser verde."

"Não pode ser verde", ela deu um risinho, abrindo a porta e indo até o elevador, olhando para ele enquanto andava de costas. "Esta é sua cor. Eu estou pensando numa roupa preta."

"Preto e verde?" Ele ergueu as sobrancelhas.

"Preto e preto." Ela disse, sorrindo e pressionando o botão do elevador, "Você já escolheu meu nome, Arqueiro. Eu escolho meu uniforme."

Ele fez bico. "Você pode mudar seu nome se eu puder escolher seu uniforme?" ele disse esperançoso.

"Você pode escolher um uniforme", ela disse, com um risinho. "Um que eu não usaria em público."

Oliver parou. "Vamos fazer compras depois do jantar."

"É quase uma da manhã", ela sorriu, pegando a mão dele e puxando-o para o elevador. "Isso vai ter que esperar."

Ele a seguiu para dentro do elevador sem hesitar. De alguma maneira, ele tinha a sensação de que a espera valeria a pena.

______________________________________________________________________________

8 comentários:

  1. Ri muito com esse último capítulo! Bom demais!!!
    Eles achando que conseguiriam disfarçar que são loucos um pelo outro... huahauhauah
    Pena que acabou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São uns fofos. Pois é, Ciça, acabou, mas logo tem mais... :D

      Excluir
  2. Que delícia de fic... =D
    Mais uma vez, obrigada, meninas, por mais esta maravilha!!

    Adoro saber que vem mais!!!!

    GIL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GIL, que bom que gostou!!!! Sim, tem mais por aí. Aguarde! :D

      Excluir
  3. Que delícia esse capítulo! Adorei os rapazes espionando os dois e fazendo brincadeiras! Esses momentos de descontração da Liga são sempre ótimos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São sim, Paula. Que bom que gostou!!!! :D

      Excluir
  4. Adorei!! Pena mesmo que acabou :/
    Tbm adoooooro esses momentos da Liga, morro de rir! hahaha

    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Aline, essa foi curtinha né? Mas anime-se, temos duas bem longas sendo traduzidas... :D

      Excluir

Google Analytics Alternative