26.9.14

Beauty In The Breakdown XI - Baby Love (parte 2)

Título: Bebê Querido
Resumo da série: Com Oliver ao seu lado, Chloe aprende a se libertar, encontrar a paz e se apaixonar.
Resumo da história:  Seguindo a perda de seu amado bebê, Chloe e Oliver encontram o caminho de volta a um lugar de amor e esperança.
Autora: babydee1
Classificação: NC-17
Banner: chleansmile

Histórias anteriores:
Oliver se serviu da última porção de comida e se recostou pesadamente contra a cadeira.

"Uau", ele arfou. "Eu sei que disse que sua culinária maravilhosa se devia ao meu DNA, mas nem eu posso levar o crédito por isso."

Chloe sorriu, as bochechas vermelhas de orgulho. "Eu sabia que tinha feito um bom trabalho quando você pediu o segundo prato."

"A única coisa que me impede de repetir a terceira vez é minha última dose de autocontrole", ele respondeu. "E mais, com todos esses queijos que vou evitar, eu poderia ter pesadelos." Ele pegou a mão dela e a beijou. "Foi um jantar adorável, Chloe. Obrigado."

"Que bom que gostou", ela disse, fazendo uma careta enquanto se levantava.

Oliver franziu a testa. "Você está bem?"

"Estou bem, são só contrações de Braxton", ela disse sem dar importância.

"Você vem tendo muitas contrações falsas ultimamente", ele observou.

"É só treinamento para o grande dia", ela respondeu com um sorriso. "Olha, vai assistir TV enquanto eu coloco isso na lavadora."

"Eu posso fazer isso pra você."

"Não, está tudo bem. Além do mais, parece que você mal pode se mover depois de comer tanto."

Ele riu e foi para a sala. "Bem observado."

***

Cinco Meses Atrás

"Os batimentos cardíacos do feto estão fortes, regulares; as medições cefálica e dos membros estão normais para o tempo de gravidez..."

Lola falou mais algumas especificações técnicas do ultrassom, mas Oliver e Chloe mal a ouviam. Suas mãos estavam grudadas, dedos entrelaçados enquanto olhavam para a imagem da criança no útero de Chloe, o polegar claramente na boca.

Eles iam ter um bebê. E mesmo que já tivessem visto imagens de ultrassom das primeiras semanas, e Chloe estivesse sentindo o bebê se mexendo agora, ainda era surreal ver aquele feijãozinho de oito semanas atrás, agora completamente formado, minúsculo e chupando o dedo.

"Eu posso ver o sexo do bebê, se vocês quiserem saber", Lola ofereceu enquanto passava o aparelho sobre a barriga de Chloe.

Chloe e Oliver assentiram e falaram juntos. "Queremos saber." Depois de perder o primeiro bebê sem saber se era ele ou ela, foi a primeira coisa que concordaram assim que descobriram que Chloe estava grávida novamente.

Lola sorriu. "Certo, então. Quem apostou num menino?"

"Eu, eu!" Chloe disse animada.

"Bem, prepare-se para pagar a aposta, querida, porque este pequeno feijãozinho é uma menina."

"Sim!" Oliver comemorou, punho no ar. "Eu sabia, eu sabia! Uma menina! Vamos ter uma menininha!" Ele paralisou e olhou para a bebê na tela, e seus olhos se arregalaram ainda mais. "Vamos ter uma garotinha", ele sussurrou. "É minha filha. Nossa filha."

"Uma menina", Chloe disse, sua voz embargada. Ela fungou, e Oliver se inclinou e acariciou seu cabelo.

"Ei", ele a acalmou. "Você não está desapontada, está?"

"O quê? Não!" Ela disse com uma risada trêmula. "Eu estou feliz e animada e encantada, tudo ao mesmo tempo. Uma menina... uau!"

"Ela será loira, obviamente", Oliver disse. "Eu me pergunto que cor terão os olhos dela, embora.. se ela herdar sua falta de cuidado ou meu senso de aventura..."

"Considerando o jeito que ela vem pulando, acho que é seguro dizer que ela definitivamente puxou você nesse quesito", ela respondeu. 

"Ela já é tão linda", ele sussurrou maravilhado. Chloe sorriu enquanto ele tocava a tela com o dedo, correndo-o pela pequena bochecha.

Lola sorriu e balançou a cabeça enquanto fazia suas anotações. "E já começou. Olha pra ele, totalmente bobo. Marque minhas palavras, Chloe, ele vai fazer tudo que ela pedir."

"E mais um pouco", ele declarou orgulhoso.

"Ei! É por isso que as mães se tornam as megeras para as filhas!" Chloe reclamou, olhos brilhando. "Vamos discipliná-la e recompensá-la juntos. Concorda?"

"Tudo bem", ele resmungou. "Mas eu vou comprar pra ela aquele cobertorzinho verde-limão com letras bordadas esta tarde. Isso não é negociável."

"Bordado?" Chloe repetiu. "Nem escolhemos o nome dela ainda!"

Ele deu de ombros. "Então vou mandar bordar 'Menina do Papai'. Ou 'Pequena Queen'. Ou os dois." Ele sorriu. "Eu gosto dos dois."

Chloe revirou os olhos e assentiu. "Vou deixar você fazer isso, contanto que você compre também alguma coisa para a mãe dela."

"Combinado." Ele a beijou, olhos brilhando de pura felicidade. "Eu te amo tanto, Chloe. Obrigado por não ter deixado eu desistir."

Ela sorriu e correu o nariz contra o dele. "Eu sabia que você ia querer."

"Se vocês dois acabaram com o show água com açúcar, eu posso gravar o ultrassom em vídeo e também algumas fotos para dar aos amigos e familiares", Lola os interrompeu com um sorriso.

"Oh, legal!" Chloe falou. "Lois amaria uma foto, com certeza. Duas, até. Diabos, ela vai querer o vídeo também se tiver a chance!"

Oliver parou. "O que precisamos fazer nas próximas semanas para dar as melhores chances a nossa filha?" Ele perguntou. Chloe podia sentir o medo tomando conta, a preocupação que ele tinha que novamente  não fosse segurar seu bebê nos braços.

"Exatamente o que vocês estão fazendo", Lola respondeu enquanto limpava o gel da barriga da Chloe com um guardanapo. "Alimentação saudável, exercícios leves e evitar o estresse."

"Farei tudo isso", Chloe prometeu.

"A última dica foi pra você, Oliver", Lola pontuou. "Eu sei o que aconteceu da última vez, mas não há necessidade de se preocupar com a saúde deste bebê. Ela está absolutamente bem, e você ansioso assim não vai ser bom para ela ou para Chloe. Fique forte, pense positivo, curta a felicidade. E mais importante: desfrute o momento. É um tempo maravilhoso da vida, e vai acabar mais rápido do que você pensa."

***

Dia Atual

Ele estava sonhando com moinhos de vento.

Era um dia ensolarado, e ele estava no meio de um milharal, sentado no alto de um moinho que tinha quatro lâminas feitas de quatro tipos de queijos diferentes.

Oliver assistiu, fascinado, as lâminas girarem; algumas vezes lentamente, outras girando tão rapidamente que sibilavam quando passavam perto de sua cabeça.

Whoosh... whoosh... whoosh... whoosh... whoosh... whoosh... então parou, e as lâminas retornaram à sua rotação lenta e silenciosa.

E assim continuou, rápido e lento, até o silêncio entre os sons sibilantes ficarem mais curtos, e houve um rápido gemido vindo do centro do moinho. A repentina mudança no padrão fez seus olhos se entreabrirem e ele piscou na escuridão, seus olhos gradualmente se ajustando ao baixo nível das luzes.

Whoosh... whoosh... whoosh...

Ele piscou novamente, em parte convencido de que ainda estava sonhando até seus olhos notarem a silhueta de sua mulher na cadeira de balanço no canto do quarto. Perto da reta final da gravidez, ela algumas vezes encontrava dificuldade em dormir totalmente deitada, e a cadeira de balanço foi recomendada e herdada de uma das colegas de Oliver que a usara três vezes.

A cadeira fez um barulho suave enquanto Chloe se balançava, e Oliver franziu a testa ao perceber que o som sibilante parecia estar vindo dela... e também o gemido que se seguiu quase imediatamente.

"Chloe?" ele chamou. Rapidamente ele acendeu o abajur e seus olhos se arregalaram ao vê-la agarrando a barriga com uma careta no rosto.

"Ei", ela arfou. "Você acordou."

"Você está bem?"

"Eu estou bem, volte a dormir."

Ele franziu a testa. "Tem certeza? Você não parece muito confortável. É outra contração falsa?"

Ela desviou o olhar culpada. "Ah... não."

"Então o que é - oh, Deus." Ele empalideceu. "Oh, Deus. Você está em trabalho de parto?!"

Ela sorriu envergonhada. "Humm... pode-se dizer que sim."

__________
CONTINUA

_______________________________________________________________________________

14 comentários:

  1. Eita.... fofo até não poder mais!!!! <3

    Vai Chloe, ter sua bebê green ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Fofura que faz a gente até passar mal, rs...

      Excluir
  2. Ainnnn! Muito fofos *-*
    Impressionante como cai bem ao Ollie o papel de pai! Ele fica ainda mais sexy...se é que é possível!
    To amando chegar aqui e ver as atualizações *-----*

    E poder participar dos comentários, haha...
    As fics que eu leio são antigas, devido ao fato de eu ter chegado bem tarde no blog --' haha..

    ;*
    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Aline, o Ollie consegue ficar ainda melhor sendo papai! Como pode, né? Ah, graças a Babydee que posto o segundo capítulo rapidinho, vamos torcer para ela continuar no mesmo ritmo. Ah, você chegou um pouco depois? Mas logo, logo você já terá lido tudo!!! Beijos.

      Excluir
  3. Vai nascer a bebê!!!
    Acho q será parecida com a Chloe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, com certeza, linda e esperta!!!

      Excluir
  4. "Sim!" Oliver comemorou, punho no ar. "Eu sabia, eu sabia! Uma menina! " Ollie sempre estar certo no fim.... e que pai mais coruja...e fofo.. :3
    e Chloe como sempre.. sendo mais forte ( cabeça dura) que o recomendavel... "Ela sorriu envergonhada. "Humm... pode-se dizer que sim.." haha :D simplismente amei a segunda parte...
    Que venha mais...
    Ass: Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorei, e já estou imaginando que o próximo capítulo será emocionante!!!

      Excluir
  5. Nível de fofura: MEGA MASTER!!!!!!!!
    Tô louca pra saber o nome da Little Queen!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, verdade, Ciça, qual será o nome dela? Só sei que ela vai ser uma fofa!!!!

      Excluir
    2. Hi Ciça,

      BabyDee here. Many thanks for your comments! I just wanted to let you know that I have a lovely name in mind for Baby Queen that I think you will approve of. :-)

      Glad you like the story so far!

      Excluir
    3. Hum, já estou curiosa, Dee!

      Excluir
  6. Ah! Já estou louca para ler o próximo capítulo!! =D

    Enquanto o Oliver sonha com queijo, a Chloe entra em trabalho de parto e não fala nada!! Só Chlollie mesmo!! Haha

    Também imagino que diante do que eles passaram a Babydee vai caprichar neste nascimento!!

    Quero mais!!!

    GIL



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, GIL., também não vejo a hora, será lindo e emocionante, tenho certeza! Dedos cruzados para a Babydee postar o próximo logo...

      Excluir

Google Analytics Alternative