18.3.12

Ever After (9/11)

TítuloPara Sempre
Resumo: Pós-Warrior. Chloe e Oliver resolvem seus problemas com a ajuda de uma velha amiga, de um jeito nada convencional.
Autoras: chloeas e dl_greenarrow
Classificação: R
Categoria: Essencialmente Fluff.

Anterior: Um - Dois - Três - Quatro - Cinco - Seis - Sete - Oito




Demorou apenas alguns momentos pra ele perceber onde estava quando acordou e se encontrou em uma masmorra rodeado por outros prisioneiros, todos acorrentados como ele. Apesar da aparente severidade da situação, ele não podia deixar de sentir uma onda de animação.

Ele conhecia esta história. De trás pra frente.

E mal podia esperar pra ver o olhar no rosto de Chloe quando se encontrassem.

***

Oliver se virou para o homem que tinha lhe seguido desde 'Jerusalém'. "É uma longa caminhada, Azeem. Você tem certeza que aguenta?" Um sorriso puxou sua boca enquanto observava J'onn.

"Tenho", J'onn respondeu, erguendo uma sobrancelha. "Eu tenho um débito para acertar."

Ele sorriu e balançou a cabeça, indo na direção da casa dela.

Passava um pouco do pôr-do-sol quando chegaram na casa e ele estava mais do que feliz em vê-la, parando alguns metros antes de vê-la em seu vestido, seu longo cabelo esvoaçando em suas costas.

"Você é um colírio para olhos cansados", ele chamou, indo na direção dela.

Chloe piscou, olhando ao redor... árvores e casa e o que parecia ser uma vila, ela se virou quando ouviu a voz de Oliver, inclinando a cabeça ao ver o que ele estava usando, então olhando pra si mesma, para seu vestido laranja. "Ollie?" Ela respondeu, inclinando a cabeça.

Oliver sorriu ao som da voz e se aproximou. "Donzela", ele disse, pegando a mão dela e beijando.

"Donzela?" Ela perguntou, inclinando a cabeça e observando-o. "Onde estamos?"

"Inglaterra", ele disse animado, erguendo as sobrancelhas.

"Inglaterra", ela repetiu. "E por que você está tão animado?"

Oliver piscou pra ela, soltando sua mão. "Você não sabe em que história estamos agora, não é?"

"Não faço ideia", ela admitiu, olhando ao redor novamente. "Mas você parece saber."

"Vamos dizer que precisamos encontrar meu bando", ele disse com um sorriso.

"Robin Hood?" Ela perguntou, erguendo as sobrancelhas. "Estamos em Robin Hood? Por isso você está pulando de alegria."

Ele deu risada. "Pelo menos eu sei como esta história acontece."

"Que bom que um de nós sabe", ela inclinou a cabeça, dando um risinho. "Imagino que você não se importe em ficar preso aqui por um tempo, não é?"

Oliver deu de ombros. "Culpado." Ele olhou ao redor, então de volta na direção de onde ele e J'onn tinham vindo. "Mas teremos companhia em breve."

Ela estreitou os olhos e inclinou a cabeça, olhando na direção em que Ollie estava olhando. "Pode ser diferente do que você está acostumado, as coisas foram diferentes da última vez." Ela disse, seu estômago apertando com a memória.

Ele parou a isso, virando a cabeça para olhar pra ela. "Como assim?" ele perguntou, franzindo a testa. "O que foi diferente?"

"Era pra haver uma grande briga na chuva entre a Fera e o pretendente da Bela, Gastão. E então Gastão quase mata a Fera, então ela o beija e ele se torna humano." Ela disse, dando de ombros. "Mudamos as coisas."

Ele já ia lhe fazer outra pergunta quando ouviu o som de cavalos se aproximando, seguido por tiros. Ele prendeu a respiração. "Bem, até agora está indo de acordo com a versão oficial." Ele rapidamente pegou a mão dela e foi para onde estavam seus cavalos. "Azeem!"

J'onn logo foi para p seu lado, pegando a rédea de um dos corcéis.

Chloe foi com ele erguendo as sobrancelhas quando viu J'onn, pelo menos os rostos familiares tornavam mais fácil saber quem era bom e quem era mau, exceto por Dinah, aparentemente.

Oliver montou um dos outros cavalos e estendeu a mão pra ela sem falar nada, encontrando seus olhos.

Ela prendeu a respiração e olhou pra ele. "E você tem certeza que não podemos caminhar?"

Um suave sorriso puxou os lábios dele. "Só se você quiser ser pega", ele a informou, ainda com a mão estendida. "Confie em mim. Eu não vou deixar você cair."

Chloe expirou e pegou a mão dele, montando o cavalo com ajuda e imediatamente passando os braços ao redor dele.

Oliver cobriu um dos braços dela com o dele, segurando as rédeas com a outra mão e fazendo o cavalo galopar assim que viu que Chloe estava segura atrás dele.

"Você normalmente é bom nisso?" Ela perguntou, inclinando a cabeça e se aproximando para que pudesse ouvir o que ele ia falar.

Ele sorriu enquanto corriam pela floresta. "Na verdade não, eu não tenho muita experiência com cavalos. Mas Robin Hood, é."

"Sorte a nossa", ela disse, encostando a cabeça no ombro dele. "O que acontece agora?"

Ele olhou pra trás pra garantir que J'onn os estivesse seguindo. "Agora perdemos os homens do Xerife na floresta de Sherwood", ele disse. "Eles não vão nos seguir porque têm medo. Diz a lenda que a floresta é assombrada."

"Assombrada?" Chloe deu um risinho. "Bem, eu daria risada se não soubesse que fantasmas são reais."

Oliver sorriu, virando a cabeça para olhar pra ela o melhor que conseguiu. "Exceto que a floresta não é assombrada de verdade", ele disse. "É mentira, inventada pelos aldeões que se abrigaram na floresta depois de terem sido expulsos de suas casas pelo Xerife."

"Bom saber", ela disse, inclinando a cabeça para olhar pra ele e dando um pequeno risinho. "Você está adorando, não está?"

Ele sorriu. "É assim tão óbvio?"

"É", ela disse, então deu de ombros. "É meio fofo", ela brincou, abaixando a voz para que os homens não os escutassem.

"Que bom que você acha isso", ele disse, ainda sorrindo enquanto seus cavalos galopavam a salvo pela floresta.

***

"Então, o que você acha?" Oliver perguntou, virando a cabeça para olhar pra ela enquanto seus pés balançavam pra fora da casa na árvore onde estavam sentados. Eles tinham passado os últimos dias construindo abrigos para as pessoas da Floresta de Sherwood viverem.

"Muito legal", ela admitiu, olhando pra ele. "É ainda mais quieto do que Smallville quando todo mundo está dormindo."

Ele sorriu a isso, olhando para a vila que tinham construído. "É silencioso", ele concordou. "É uma boa mudança."

Chloe olhou pra ele por um momento e então sorriu, olhando pra longe e depois pra ele de novo. "Você não quer voltar agora, quer?" Ela perguntou baixinho.

Oliver refletiu por um momento e então olhou pra ela mais uma vez, um pequeno sorriso tocando seus lábios. "Tem que deixar a fantasia em algum momento, certo?"

Ela deu de ombros e respirou fundo. "Não sabemos se podemos", ela pontuou.

Ele inclinou a cabeça, estudando-a. "Você também não quer voltar."

"Eu já te disse que eu não sei", ela disse ainda mais baixo, olhando para a floresta.

Oliver prendeu a respiração e expirou devagar, passando um braço ao redor dela e dando um beijo em sua têmpora. Ele fechou os olhos por um momento. "Sim", ele murmurou.

Ela se aproximou dele e se apoiou em sua lateral, passando um braço ao redor dele também. "Vai ser um choque cultural quando voltarmos, se voltarmos."

"Sim, nem brinca. E eu não vou mais ser o Príncipe Encantado." Ele parou. "Ou Robin Hood."

"Bem, pelo menos você sempre terá a realeza no nome, Queen", ela brincou, deitando a cabeça em seu ombro. "Eu não vou ser mais princesa."

"Eu prefiro ter você do que uma princesa em qualquer dia da semana", ele disse baixinho, descansando a cabeça contra a dela.

Ela sentiu o peito apertar com as palavras dele e prendeu um pouco a respiração, hesitando antes de passar o outro braço ao redor dele e também fechar os olhos.

Ele se virou levemente e passou o outro braço ao redor dela. "Chloe", ele sussurrou.

"Sim?" Ela sussurrou de volta, sem abrir os olhos ou levantar a cabeça.

Seu coração estava disparado e ele deu um beijo no alto da cabeça dela. "Eu amo você", ele sussurrou.

Chloe paralisou, seus olhos arregalando mas ela não olhou pra ele, ela apertou os braços ao seu redor e então fechou os olhos de novo. "Não", ela sussurrou de volta, e embora soubesse que deveria se afastar dele, não conseguia fazer isso.

"Eu não posso evitar", ele murmurou, apertando os braços ao redor dela também.

Ela se agarrou a ele, seu peito tão apertado, parecia estar queimando. "Não sabemos como vai ser quando voltarmos, Ollie", sua voz tremeu um pouco. "Não sabemos quanto disso é a gente e quanto é só parte desses personagens e suas histórias de amor."

"Olha pra mim", ele sussurrou, afastando-se dela um pouco e levando uma mão até seu rosto.

Ela permaneceu imóvel por um segundo e então respirou fundo e olhou pra ele, seu estômago em nós, seu coração disparado.

"Naquele dia, meses atrás, quando você salvou minha vida, eu sabia que ia me apaixonar por você. Era só uma questão de tempo." Ele procurou seus olhos. "E quando tudo aquilo aconteceu com o Gavião Negro e Courtney... eu não esperava que J'onn estivesse na Watchtower naquela noite depois. Eu fui até lá procurar você, Chloe."

Engolindo em seco, ela apertou os lábios e olhou pra ele por um momento. "Você foi?" Ela perguntou baixinho.

Ele sorriu abertamente, mantendo o olhar. "Eu fui. Você não percebeu que eu estava sempre aparecendo na Watchtower sem razão aparente?" ele murmurou, correndo o polegar levemente sobre seu rosto. "Eu só queria ver você."

Inconscientemente, ela se inclinou ao toque, suspirando. "Eu não sou boa em perceber essas coisas", ela admitiu. "Eu não percebi nada até você colocar suas mãos em mim naquela noite com o arco."

"Sim, eu decidi que era hora de dar um passo quando você pareceu não estar prestando atenção", ele brincou.

"Eu nunca achei que você pudesse me querer", ela admitiu.

A expressão dele se suavizou um pouco. "Idem", ele sussurrou.

Chloe ergueu as sobrancelhas e sorriu um pouco, revirando os olhos e balançando a cabeça. "Vamos, Ollie, como se você já tivesse encontrado uma mulher que não te quisesse."

"Você não é uma mulher comum, Chloe." Ele inclinou a cabeça, observando-a atentamente.

"Exatamente", ela disse, olhando pra ele. Ela não era Lois ou Lana ou mesmo Dinah, não importa quantas princesas ou fadas ela tivesse sido... no entanto, na maior parte dos dias, ela não era igual a elas.

"E é por isso que eu te amo", Oliver disse baixinho. "Ou pelo menos grande parte."

Ela suspirou profundamente e olhou pra baixo, tentando se recompor, seu peito estava tão apertado que ela mal podia respirar enquanto olhava pra ele. "Eu--" ela tentou dizer as palavras mas elas não vinham, não importa o quanto quisesse dizê-las. "Eu não estou pronta."

O peito de Oliver apertou a isso e ele assentiu um pouco. "Eu sei", ele sussurrou, desviando o olhar para a vila.

"Desculpe", ela disse, olhando pra baixo, mas sem se afastar.

"Tudo bem", ele murmurou. "Eu vou esperar."

Ela deitou a cabeça no ombro dele e suspirou profundamente. "Embora eu não esteja pronta pra dizer as palavras", ela sussurrou. "O feitiço só seria quebrado se alguém amasse a Fera exatamente pelo que ele era", ela disse, fechando os olhos, era o máximo que ela conseguia dizer pra ele no momento.

Oliver ficou em silêncio e então virou a cabeça, beijando sua testa suavemente e fechando os olhos, era bom o suficiente por agora.

Chloe levantou a cabeça dela depois de um longo momento e sem abrir os olhos, suspirou e pressionou os lábios contra os dele, desejando que pudesse dizer a ele o que sabia que sentia, mas também estava muito assustada pra isso.

____

___________________________________________________________________

24 comentários:

  1. Muito bom esse capítulo. O Oliver merecia uma história que ele já conhecesse - e gostasse rs.
    Muito bonito a parte final também.
    Confesso que agora estou ansioso para a mágica da Zatanna acabar.
    Quero ver eles lidando com o relacionamento em casa kkkkkk.

    Obrigado por traduzir essa fic Sofia, diferente e envolvente rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele merecia mesmo, né, Vinicius? A parte final é simplesmente LINDA!!!! rs... Agora já está perto de acabar, a Chloe até já admitiu que sente o mesmo que ele, só não consegue dizer em voz alta... bobinha, rs...

      Vinicius, eu é que agradeço o tempo que você reservou pra ler e comentar... essa fic é mesmo bem diferente de tudo que já lemos, por isso que nos envolve tanto, né? Fico feliz que tenha gostado...

      :D

      Excluir
  2. Uhu finalmente uma história que o Oliver conhecia... muito boa!!!! Adorei o final, cada vez mais romântico... quero mais!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super romântico, né Lu? Que bom que está gostando, o final foi super fofo... mais a caminho... :D

      Excluir
  3. Maria Eduarda18 março, 2012

    Essa fic é definitivamente tudo de bom!!!!! Pena que está acabando... Adorei que tenha sido Robin Hood... E Chloe tendo que superar o trauma causado por Clark e confiando em Oliver foi muito significativo para o relacionamento deles... Ele dizendo em voz alta que a ama tb foi lindo e emocionante... agora só falta ela dizer, né? Será que acontece na próxima história? Tomara que sim... está na hora... Zatanna acertou em cheio...

    E estou com o Vinicius... obrigada Sofia por essa tradução, essa história é super legal, eu amei, quer dizer estou amando... *___*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena mesmo, Maria Eduarda, foi uma delícia traduzir uma história tão divertida... Pois é, foi lindo né? Ela tinha que confiar 100% nele pra subir naquele cavalo, que bom que ela confiou \o/ Será? Logo você vai descobrir... :D

      Eu é que agradeço o tempo que você usou pra ler e comentar... Que bom que está gostando!!!!

      :DDD

      Excluir
  4. Ai, devo confessar que quando essa fic acabar vou ficar bem triste, acostumei esses dias a acordar e já ter um capítulo novinho em folha me esperando... vou sentir saudades, hahaha...

    Ok, Robin Hood, esse nem entrou na minha lista de contos, mas devia ter esperado... bom pro Ollie né? Um que ele conhecia, coitado hahaha

    O final foi perfeito... pelo menos a Chloe admitiu que sente o mesmo e só não consegue falar em voz alta, e agora, será que já vão acordar no mundo real no próximo cap? Ansiosa pra descobrir!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, essa história vai mesmo deixar saudades... Robin Hood não é muito comum pra gente, mas para a felicidade do Ollie, estava na lista da Val e da Angie... Pois é, pelo menos isso né? Será? Logo você vai descobrir, Raquel...

      :D

      Excluir
  5. ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh... Esse final foi absolutamente fabuloso, os dois se declarando... Lindo!
    E eu tô torcendo pra eles ficarem mais um capítulo aí na história do Robin Hood. huahuahauahauhauahau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E bota lindo nisso né, Ciça? Será? Seria bom, já que etá uma delícia essa história, né? Vamos ver... logo vc vai descobrir... Que bom que está gostando da história!!! :DDD

      Excluir
  6. Delícia de história!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Aiiii não acredito que só consegui ler agora!!!!! Tive um dia cheio, mas tudo bem... realmente eu tb não esperava encontrar Robin Hood por aqui, mas era meio óbvio né? Demais.... o final foi tudo de mais lindooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Tá bacana o visual do blog rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será? Tô meio indecisa... há horas... ainda desconfigurei tudo acidentalmente e tive que refazer... rs... sei lá... tô na dúvida se o contraste da cor nas postagens não está cansativo...

      Excluir
  9. Bom inicialmente não estou achando cansativo, até porque não tem brilho...
    Gostei do Banner com vários momentos deles!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é um banner-gif... são duas partes que a Ziva21 fez para o blog pra comemorar 1 ano do casamento chlollie... agora, imagine quantas horas até eu descobrir um jeito de colocar um gif no banner do blogger... daqui a pouco estarei craque em linguagem html... ai, Vinicius, tô mudando um pouco o fundo da postagem pra tentar achar a combinação mais leve e confortável para os olhos... vamos ver até que horas consigo ficar acordada... rs... ou em que momento vou desistir... já estou meio vesga aqui... rs...

      Excluir
  10. Ahhhhhhhhhhhhh o banner gif ficou um ARRASO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ana Beatriz

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkk Sofia, vai dormir testando kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Acho melhor desistir antes que isso aconteça, né? Meu julgamento já está comprometido... rs...

      Excluir
  12. Robin Hood... Oliver estava nas nuvens. hehe Bem, pelo menos Chloe falou que o ama, não declarou, mas já foi um início. :D
    Essa estória é muito fofa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Dani... já foi um passo enorme para a Chloe... E Robin Hood foi uma boa surpresa, né?

      :D

      Excluir

Google Analytics Alternative