23.11.15

Love For Realsies (8/26)

TítuloAmor Pra Valer
Resumo: Chloe acha incrivelmente difícil resistir ao afeto de Oliver. 
Autorababydee1
Classificação: NC-17
Linha de tempo: Temporada 9
História Anterior: Just For Funsies
Capítulos Anteriores01 :: 02 :: 03 :: 04 :: 05 :: 06 :: 07


Uma semana depois, Oliver parou no corredor da Watchtower e fez uma pequena oração por sucesso. Ele respirou fundo, mentalmente contou até dez e então colocou a cabeça pela porta.

"Chloe?" ele chamou hesitante.

Ela olhou para cima e sorriu. "Ei! Como foi seu dia?" perguntou animada.

"Cheio", ele respondeu, ainda parado na porta. "Escuta, eu... não estou sozinho..."

Ela franziu a testa e estreitou os olhos. "Quem está com você - um membro da Liga?"

Ele fez uma cara estranha. "Ah... não."

Chloe cruzou os braços, sua expressão séria enquanto caminhava na direção dele. "Oliver, você conhece as regras sobre não-membros na Watchtower..."

"Eu sei, mas... bem, pensei que você pudesse abrir uma exceção desta vez", ele forçou.

Ela balançou a cabeça, resoluta. "Vamos, Ollie, eu não contei nem a Lois sobre este lugar. O que o faz pensar que eu abrirei uma exceção para um completo estranho?"

"Porque... oh, droga. Eu vou deixar você mesma descobrir." Ele saiu de trás da porta e ela parou no caminho, arregalando os olhos em surpresa.

"Oh, meu Deus!" ela arfou, o olhar se suavizando ao ver o pequeno filhote peludo nos braços dele. Ela apressou o passo e pegou o cãozinho, segurando-o contra o peito.

"Olha pra você!" ela falou, sorrindo enquanto esfregava atrás das orelhas do filhote. "Olha pra você! Você é tão lindo!"

Oliver suspirou aliviado. Aquele filhote não iria a lugar nenhum agora que havia roubado o coração de Chloe.

"Oh, meu Deus, ela é muito fofa!" ela disse, um sorriso enorme no rosto. "Onde você a pegou?"

"Ele", Oliver a corrigiu. "É ele."

"Tudo bem. Onde você o encontrou?"

"Eu quase o atropelei quando ele cruzou a rua", mentiu. "Ele ficou paralisado de medo, então eu saí do carro para ver se ele estava bem, e simplesmente não pude deixá-lo lá. Ele não tinha nenhum colar, como você pode ver, então acho que ele estava perdido."

"Oh, coitadinho", ela continuou. De repente ela parou e fungou experimentalmente. "Ei... você cheira muito bem para um cachorro de rua."

Opa. "Ah, sim, eu... o levei até um veterinário primeiro", ele disse, desejando que seu nariz não estivesse crescendo. "Eu quis ver se estava tudo bem com ele. Então lhe deram um banho e se ofereceram para colocá-lo para adoção, mas quando dei as costas, ele começou a choramingar, e..."

"...você não conseguiu deixá-lo para trás", ela finalizou, acariciando o filhote. "Eu não o culpo, Ollie; eu também não poderia deixá-lo para trás."

"Então... tudo bem ele ficar com você?" disse esperançoso. "Eu o deixaria na Torre do Relógio, mas trabalho tanto, horário maluco. E eu sei que seria difícil no Talon com Lois sendo alérgica e tudo, mas..."

"Do que você está falando? Claro que eu fico com ele!" ela disse, segurando o filhote e sorrindo enquanto ele lambia seu nariz. "Eu posso ficar com ele aqui durante o dia - assim que tiver coberto todos os fios, claro - e ele pode ficar na fazenda à noite, com Clark. Ou, Lois pode simplesmente se mudar para a fazenda, e esse pequeno e eu podemos ficar no Talon."

"Brilhante", ele disse, aliviado que seu plano estivesse funcionando perfeitamente. "Eu tenho uma caminha de cachorro e outras coisas no carro que comprei pra ele, então vou buscar mais tarde."

"Legal", ela disse, ainda acariciando o cachorro. "Quanto tempo ele tem?"

"Umas três semanas."

"Ele ainda é um bebê", ela falou. "E ele não parece ser vira-lata. Disseram qual é a raça dele?"

"Ele é um Akita Japonês. Aparentemente não ficam pequenos por muito tempo; ele ficará maior que Shelby em quatro meses."

"Akita Japonês", ela murmurou, segurando o filhote em uma mão enquanto digitava as palavras em seu computador para pesquisar sobre o animal.

Oliver sorriu sozinho. Ela estava fisgada, preferindo digitar com uma mão só do que colocar o cãozinho no chão. Este era seu melhor plano até agora.

"Diz aqui que eles são surpreendentemente inteligentes; espertos; aprendem rápido e ficam facilmente entediados com longos períodos de inatividade."

Ele riu. "Parece com alguém que eu conheço."

"Diz também que eles raramente têm pelagem preta", ela observou, olhando para o filhote com a pelagem em sua maioria preta. "Então parece que você, meu amigo, é uma raridade."

"Novamente, como alguém que eu conheço", ele riu. "Você está certa, Akitas com pelagem escura são quase considerados uma aberração. Provavelmente por isso que ele estava abandonado."

"Por que alguém ia querer abandonar um coisinha fofa como você?" ela disse, acariciando o filhote. "Quem quer que seja, azar o deles, e sorte a minha."

Oliver sorriu. "Então como você vai chamá-lo?" ele perguntou enquanto caminhavam até o sofá.

Ela franziu a testa e olhou para o animal curiosamente. "Bem, eu poderia ser completamente previsível e escolher Bola de Gude, porque ele é tão pequeno e tem essa adorável pelagem marmoreada..." ela começou.

Oliver fez uma cara e balançou a cabeça. "Esquece. Eu sei que não parece agora, mas em alguns meses esse cachorro será durão. Ele precisa de um nome durão, ou nada feito."

"Verdade." Ela franziu a testa e então seus olhos brilharam enquanto tinha uma ideia. "Que tal Ônix?"

"Estou vendo que a questão da cor dele é bem importante para você", ele notou com um sorriso.

"Como ele é tão único, acho que merece um nome que celebre e reflita isso", ela pontuou.

"Bem, acho que Ônix é um nome bem durão", ele concordou. "E é bem melhor que nomes como Fofinho ou Meia-Noite, ou algo assim."

Chloe riu. "Vamos, Ollie. Todo mundo sabe que Meia-Noite é nome de gato. E Ônix definitivamente não combina com um gatinho."

"Ele certamente não é", concordou, pegando o cãozinho que ele escolhera cuidadosamente. Ele não fora até o local pensando em uma raça específica; só queria um filhote que refletisse a personalidade única de Chloe e que fosse diferente; e acabou que Ônix se encaixava na descrição.

***

"Quem é esse carinha?" Ollie perguntara a assistente do abrigo ao ver a pequena bola de pelos.

"É um filhote de Akita Japonês, tem três semanas", a garota respondera enquanto ele se ajoelhava perto do animal. "Ele foi trazido com os irmãos. Os outros três são brancos, então já foram adotados, mas porque este é diferente, não despertou o interesse de ninguém."

Oliver sorriu e se inclinou para a frente enquanto o cãozinho lambia seu nariz e plantava as patas em sua roupa.

"Isso não é verdade", ele disse enquanto se levantava com o animal nos braços. "Vou ficar com ele. Só me diga tudo que preciso saber sobre Akitas e tudo bem."

Então agora que estavam todos sentados no sofá de Chloe, ele não podia deixar de se parabenizar pelo sucesso da Fase Três de sua Operação 'Conquistar Chloe'. Agora que eles tinham um cãozinho juntos, seria mais difícil para ela classificar o relacionamento como casual, 'amigos com benefícios'. Estar ali com ela e Ônix parecia particularmente íntimo.

Pareciam uma família.

Ele sorriu e acariciou o filhote. "Bem-vindo a Watchtower, Ônix", ele disse, encostando a cabeça na da loira ao seu lado.

***

Depois de Ônix ser colocado em sua caminha à noite, Chloe e Oliver jantaram e relaxaram com os pés descalços no que tinha se tornado o local preferido dos dois: o tapete em frente ao sofá. Oliver se sentou no chão com as costas contra o sofá enquanto Chloe descansava entre suas coxas, as costas contra o peito dele. Uma música suave tocava ao fundo e a cena não poderia parecer mais doméstica.

Eles estavam em silêncio, abraçados, cada um desfrutando da presença um do outro. Oliver preguiçosamente corria uma mão pelo cabelo dela. Sua outra mão estava ao redor da cintura, traçando círculos em sua barriga, enquanto ela acariciava os dedos dele com os dela.

Ela não se encolhe mais quando a toco, ele notou com um sorriso. Isso era um grande, enorme progresso. De fato, ela estava tão relaxada com os toques que tinha os olhos semicerrados e parecia prestes a dormir.

"Eu vou viajar a negócios amanhã", ele disse suavemente, fazendo-a abrir os olhos.

"Agora você me fala", ela resmungou com a testa franzida. "Para onde você vai, e por quanto tempo?"

"A Queen Industries tem alguns negócios em Mumbai", ele respondeu. "Ficarei fora só por uma semana."

"uma semana?" ela disse incrédula, parecendo insatisfeita.

Oliver sorriu e usou a mão no cabelo dela para virar o rosto para ele. "Por quÊ, vai sentir minha falta?" ele perguntou levemente, embora tivesse um olhar sério.

Previsivelmente, Chloe desviou o assunto. "Não, não vou sentir sua falta. Além do mais, tenho Ônix para me fazer companhia agora."

Oliver fez bico. "Sim, bem, tudo bem contanto que ele se comporte."

Chloe riu e olhou pra ele, e ele ficou surpreso em ver uma expressão nostálgica no rosto dela, olhos dizendo o que a boca se recusava a comunicar.

Ele sentiu o coração pular. Ela ia com certeza sentir falta dele, e não só por causa do sexo.

"Quer ficar aqui esta noite?" ela perguntou.

Oliver desceu o rosto até o pescoço dela e correu os lábios ali. "Eu adoraria", sussurrou contra a pele dela. "Muito."

______
NOVE

_________________________________________________________________________________

8 comentários:

  1. Esses dois acabam comigo cara é muito amor envolvido <3
    Já quero mais sim ou claro?
    beijooooo
    Jami

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jami, vc está com sorte, acho que esta semana já consigo postar o próximo... \o/

      Excluir
  2. esse capitulo perfeito cheio de coisas dando super certas para Ollie e Chloe toda fofa com os dois.

    ansiosa pelo proximo.

    to ate vendo quando eles brigarem, porque eles vao brigar, Chloe toda agarrada com Onix.

    Juliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju. Finalmente postado o próximo...

      Excluir
  3. Que fofura esse capítulo... Esses dois, ou melhor, esses três são mesmo uma doçura!!!!

    Cada vez melhor...

    GIL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São né? Batem recorde de fofura.

      Excluir
  4. É muito fofura!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Karina, esse casal bate recordes...

      Excluir

Google Analytics Alternative