9.2.15

Never A Bride (4/27)

Título: Noiva Jamais
Resumo: Quando um jornal publica uma falsa notícia de noivado entre Oliver Queen e Chloe Sullivan, e todos os seus amigos ficam animados, Chloe e Oliver decidem fingir um falso noivado e terminar, para provar a seus amigos o quão errados eles são um para o outro. Porque eles vão terminar, certo?
Autora: the_bluesuede
Classificação: NC-17
Categoria: Romance/Humor.
Banner: dandiandi22
Anteriores01 :: 02 :: 03
Nota: Esta tradução foi sugerida pela Ciça.



"Eu nunca mais serei educada, Edward!"

"Eu te avisei", Edward suspirou, fazendo o melhor para não sorrir à revista em sua frente. Dois dias depois, Chloe e Oliver estavam por todos os tabloides novamente, e desta vez em um especial de seis páginas com o suposto 'encontro secreto' no apartamento de Dinah Curry. Havia fotos de Oliver entrando no prédio, e então esperaram Oliver sair, e estavam bem colocados para fotografar Chloe entrando no prédio. E claro, para piorar tudo, pegaram os dois saindo juntos.

"Eu não acredito que você comprou esta porcaria", Chloe disse com desgosto, jogando o folhetim para Edward.

Ele deu de ombros, divertindo-se, "O que posso fazer se seu romance fictício é uma boa leitura? Escute isto, 'Apesar dos protestos mútuos de que não estão namorando, parece que Chloe Sullivan e Oliver Queen não conseguem ficar longe um do outro. Só podemos imaginar o que fizeram nas Bahamas, mas em casa, eles estão desfrutando dos encontros escondidos'. Deus, isso é muito bom."

"Eu tenho tanto nojo de mim mesma agora, e eu nem fiz nada."

"Não de acordo com isso. Oh, olha! Eles republicaram as fotos do casamento!"

"Eles ao menos têm direito de fazer isso? Eu pensei que o fotógrafo estivesse sendo processado", Chloe resmungou, pegando o copo de café sobre a mesa.

"Bem, você conhece a internet; uma vez que caiu na rede, fica lá pra sempre. E os tabloides não são exatamente conhecidos por sua integridade."

"Não me diga", ela olhou feio para a revista, uma de muitas. 

"Oh, olha! Eles acrescentaram as fotos de vocês dois dançando. Essa foto não era tão popular antes. Uau, eles realmente fazem vocês soarem como o casal dos sonhos. Estou começando a desejar que vocês estivessem namorando."

"Pronuncie essas palavras de novo e você está demitido", ela ameaçou, estreitando os olhos pra ele.

Ele ergueu as sobrancelhas, dando um risinho. "Tudo que estou dizendo é que eu não seria a única pessoa a checar a bunda dele quando ele parasse para pegar um lanchinho."

"OH, MEU DEUS!" Chloe jogou as mãos para o alto, tentando tirar a imagem mental de sua cabeça. "Vocês são todos malucos."

Edward suspirou. "Apenas lembre-se, nada disso teria acontecido se você tivesse seguido meu conselho."

Ela gemeu.

__________

"Eu só quero saber se você está namorando com ela!"

"Mia, pela última vez, eu não estou com Chloe Sullivan."

"Mas isso é o que você deveria dizer", Mia disse. Oliver olhou feio e passou por ela até o saco de pancadas. Ele começou a dar seu golpes, e ela continuou seu ataque. "Eu só estou dizendo, os artigos todos dizem que é um relacionamento secreto. Então como eu sei que você não está apenas dizendo que não está namorando com ela para manter o segredo?" 

Irritação em sua voz, a resposta de Oliver se quebrou em fragmentos a cada vez que ele golpeava. "Porque eu não estou -- namorando com ela. Eu -- mal -- a conheço!" Ele parou por um segundo. "E francamente, eu nem sei se eu gosto dela. Ela é meio-"

"Nem pense em terminar essa frase com algo diferente de 'maravilhosa'."

Ele olhou pra ela. "Você está brincando, certo?"

"Hum, não. Chloe Sullivan é uma inspiração total."

"Mia, você sabe como ocasionalmente eu não entendo nada sobre você porque você é uma mulher de vinte anos?"

"Sim."

"Esta é uma dessas vezes."

Ela revirou os olhos, dando risada enquanto ele voltava a golpear. "Ela é apenas a mais jovem mulher bem sucedida por esforços próprios de todos os tempos."

Oliver bufou. "Isso não tem -- como -- ser verdade."

"Ok, não exatamente. Mas ela ainda é realmente impressionante. Eu amo a revista dela."

"Como você -- encontra tempo -- para ler -- tanto lixo?"

"Primeiro, Whistle não é um lixo desde que ela se tornou editora, mas sim, todas as outras coisas que eu leio são lixos. E segundo, eu arranjo tempo."

"Mulheres", ele zombou.

"Apenas admita que você nos ama."

Ele deu um risinho. "Não achei -- que eu tivesse que admitir."

Foi a vez de Mia bufar. "De qualquer forma, eu realmente espero que você esteja secretamente namorando com ela. Ela é mil vezes melhor que todas as outras com quem você já saiu."

"Direi a ela que ela tem uma fã", ele disse sarcasticamente, enxugando o suor da testa.

__________

"Mm, Lo, senti sua falta." Chloe abraçou sua prima. Um mês havia se passado desde seu terrível encontro com Oliver, e embora a mídia ainda estivesse tentando pegá-los 'juntos', ela conseguiu evitá-lo completamente. As coisas estavam melhorando. 

"Eu acredito", Lois disse abraçando-a de volta. Uma das melhores coisas sobre o emprego de Chloe era que ela precisava sempre viajar para Metrópolis a negócios. Não, ela não tinha que fazer todas elas, mas ela desfrutava da oportunidade para visitar a família. "Você acredita que Kat e Victor vão se casar daqui a um mês?" Lois perguntou, passando o braço pelo de Chloe e puxando-a para seu apartamento.

"Eu te digo no que não consigo acreditar: você e Clark se casando na próxima primavera."

"Nem me lembre!" Lois gemeu. "Você sabe como é difícil planejar um casamento com minha Dama de Honra lá na Califórnia?" ela exigiu.

Chloe deu risada, sentando-se no sofá enquanto Lois começava a preparar um café. "Acredite: metade do tempo desejo estar aqui com você."

"Você está brincando, certo? Você vive na terra do sol, dos surfistas e--"

"--Implantes mamários?"

Elas deram risada, mas quando pararam, Lois não fazia contato visual. "E claro", ela disse lentamente, "Califórnia também tem... Oliver Queen." Ela continuou procurando desnecessariamente as xícaras que Chloe sabia que Lois sabia onde encontrar, deliberadamente não olhando diretamente pra ela, tentando fazer a declaração soar casual.

"Lois, por favor",  Chloe implorou. "Eu acabei de me livrar do assunto Queen. Não quero ouvir o nome dele enquanto eu estiver aqui."

"Mas--"

"Por favor, Lois."

"Você só precisa me dizer como vão indo as coisas com ele!" Lois disse o mais rápido que conseguiu antes que Chloe pudesse impedi-la.

Chloe ficou olhando, confusa.

"Oh, qual é", Lois implorou, pegando as xícaras. "Eu sou sua prima favorita. E eu quero detalhes!"

"Lo..." Chloe disse o nome lentamente, tentando entender o que estava acontecendo. "Você sabe que Queen e eu não estamos namorando, certo?"

Lois revirou os olhos. "Vamos, Chloe, eu não sou a mídia--" Chloe ergueu as sobrancelhas. "--Ok, eu sou a mídia, mas sua vida amorosa está fora de questão, eu prometo!"

"Lois, eu vou dizer apenas uma vez: Eu não estou com Oliver Queen!"

"Mas vocês pareciam tão próximos nas fotos!"

"Lois, você está brincando, certo? Você estava durante as fotos!"

"Bem, sim", Lois concordou. "Mas eu esperava que talvez aquele incidente meio que... juntasse vocês dois, sabe?"

"Eu não sei. Cada foto que foi tirada de mim e Queen foi estritamente circunstancial, ok?"

"Certo", Lois disse, claramente fazendo bico. "Não me conte, então."

"Lois, não há nada para contar!"

"Se você diz", sua prima suspirou, entregando uma xícara para Chloe e ligando a TV. Chloe ergueu a sobrancelha, mas não disse nada sobre o ceticismo óbvio na voz de Lois.

Houve uma pausa enquanto Lois surfava pelos filmes disponíveis. Então ela tentou de novo.

"Tudo que estou dizendo é--"

"Não diga."

"É só que--"

"Lois."

"Ninguém vai te culpar por querer manter escondido--"

"Sério."

"--considerando seu último relacionamento."

"Você realmente ainda está falando?"

"E eu quero que você saiba que eu acho ótimo que você esteja namorando!"

"Eu não estou!"

"Bem, se você estivesse seria ótimo, ok?" Lois disse exasperada. "Você realmente merece um cara maravilhoso, Chloe, e eu odiei ver você se isolando nos últimos anos."

"Ninguém está se isolando", Chloe argumentou, irritada.

"Chloe, você não sai em um encontro há--"

"Por favor, não me diga que você está contando. Eu realmente não quero saber."

"Bem", Lois disse, deixando o assunto delicado de lado e mudando a tática. "Eu só acho que Oliver Queen é mais a sua cara. Você sempre mereceu um cara que fosse um pouco mais..." ela procurou pela palavra certa. "GQ."

Chloe deu risada. Ela podia dizer que não havia razão em tentar trazer Lois de volta para a realidade, na qual ela não estava namorando ninguém 'GQ' ou não. E ela tinha que admitir, Oliver Queen ficava lindo num terno. Talvez ela precisasse dar uma olhada na falta de encontros em sua vida. Afinal, ela conhecia muitos homens; certamente haveria alguns tão garbosos quanto Queen, mas com personalidades decentes, certo?

__________

Chloe passou o fim de semana atendendo a negócios de duas variedades diferentes. Ela teve algumas reuniões referentes a Whistle, que eram sobre a visão de uma nova linha de moda e decidir se queria ou não que a Whistle cobrisse. Ela gostava, e para felicidade do estilista, ela decidiu cobrir. Eles a mandaram para casa com alguns brindes como agradecimento, então ela e Lois carregavam bolsas caras enquanto planejavam o casamento de Clark e Lois. Ainda tinham alguns meses, então as coisas ainda estavam nos estágios preliminares: algumas provas de bolo, procurar tecido para os vestidos das madrinhas, observar catálogos de decoração etc.

Chloe tinha que admitir, quando sua prima teve o primeiro encontro com seu na-época-melhor-amigo Clark Kent, ela nunca pensou nos dois terminando juntos. Mas então, naqueles dias, ela nunca teria imaginado que Lois acabaria como uma repórter de classe, e Clark como capitão do Metrópolis Sharks. Era um mundo maluco. Mas Clark sempre foi talentoso, e Lois sempre gostou de buscar a verdade. Realmente, ela deveria ter previsto. Especialmente que o par acabaria formando o casal perfeito. Afinal, não era Lois quem sempre dizia que quanto mais um homem e uma mulher se odiarem no começo de um filme, maiores são as chances de que vão se apaixonar no final? As constantes provocações praticamente os predestinaram. 

Ela sabia que pela primeira vez Clark estava começando a se desanimar com a carreira de jogador de futebol. Pois por mais que amasse o jogo, ele valorizava sua privacidade, e era difícil que seu casamento fosse considerado um 'evento'. Mas Lois estava se divertindo com os holofotes e enfrentando o desafio elegantemente. Tudo seria perfeito ou Lois simplesmente não se casaria. Chloe supôs que a personalidade de Lois era um bom equilíbrio para a natural timidez de Clark.

E era bom passar tempo com os dois, mas ela estava reconhecidamente cansada quando voltou para Star City na segunda-feira seguinte. Significando que a última pessoa de quem ela queria receber um telefonema quando se sentou em sua mesa era--

"Queen! O que você quer?"

Houve um suspiro do outro lado da linha. "Um prazer como sempre, Srta. Sullivan."

"Desculpe. Noite longa. Cansaço da viagem."

"Claro. Escuta, eu sei que não nos gostamos muito."

"Só quando penso em você", ela brincou.

"Aham, mas eu preciso pedir um pequeno favor."

"Sério?" Chloe disse, inclinando-se para frente inconscientemente, de fato intrigada.

"Antes de explicar, eu só quero que você saiba que não espero que este seja um pagamento por ter dado um jeito naquelas fotos do casamento. Especialmente considerando que eu não consegui me livrar completamente delas."

"Ok..." Chloe o apressou, não gostando muito do assunto.

"Eu só estou dizendo que você não precisa se sentir obrigada, mas ainda assim eu quero discutir um assunto com você."

"Que assunto?"

"Bem, eu tenho uma jovem amiga--"

Ela ergueu as sobrancelhas, tentando não tirar conclusões precipitadas sobre o rumo da conversa.

"--que realmente te admira. Ela teve um passado difícil, mas eu venho tentando ajudá-la a colocar a vida nos eixos. O que eu quero saber é se você tem programas para estagiários ou trabalhos de meio-período que ela possa fazer parte? E escute, não se irrite com isso porque eu não disse a ela que ia te pedir, então nenhuma esperança ou sonho serão destruídos se você disser não."

Chloe respirou fundo, hesitante. "Eu não sei, Queen--"

"Você poderia por favor me chamar de Oliver? Meu último nome sempre soa como um insulto vindo de você."

"Certo. Oliver. Eu só... eu realmente não sei. Ela tem alguma experiência?"

"Não, mas ela é trabalhadora, e eu nunca fiquei tão impressionado com uma pessoa de vinte anos em toda minha vida. Ela realmente passou por uma grande mudança nos últimos anos desde que comecei a ajudá-la. Ela tem um grande potencial, e como eu disse, você é a heroína dela ou algo assim."

"Eu sou?" Chloe ergueu as sobrancelhas, surpresa.

"Sim, ela diz, abre aspas 'Oh, meu Deus, Chloe Sullivan é, tipo, uma total inspiração' fecha aspas."

Chloe deu risada à imitação. "Quantos anos ela tem mesmo?"

"Vinte."

"Faculdade?"

"Ainda não, mas estamos começando a procurar uma pra ela. E fazer um estágio decente em algum lugar poderia realmente ajudá-la, sabe?" ele acrescentou, começando a sentir esperança.

Chloe olhou pelas paredes de vidro de seu escritório, onde Louise e Vivian tinham perdido outra estagiária enquanto ela estava fora no fim de semana. O que ela tinha a perder? Ela respirou fundo. "Ok, olha, Queen--"

"Oliver."

"--Oliver-- Eu tenho uma vaga que ela pode tentar, mas é o seguinte, ela tem que ser realmente dura na queda para conseguir aguentar. Por alguma razão as garotas nesta posição caem como moscas."

"Oh, ela é dura na queda, acredite."

"E eu quero entrevistá-la antes de concordar com qualquer coisa. Só para garantir que isso não se torne um grande erro, ok?"

"Claro. Tenho certeza que ela ficará muito feliz em conhecê-la."

"Ok. Agora, eu preciso saber: qual é exatamente este sórdido passado que ela tem?"

Foi a vez de Oliver hesitar. "Você vai realmente entrevistá-la?"

"Não se ela for cleptomaníaca."

"Ela não é." Houve uma longa pausa. "Eu só... eu tento não fazer propaganda. Ela tem muita vergonha e--"

"Eu não vou julgá-la ou dizer a ela que sei de alguma coisa. Eu só preciso saber quem eu posso ou não estar contratando."

"Ela era prostituta."

Chloe se recostou contra o assento e assobiou. "Uau. E você disse que ela tem apenas vinte anos?"

"Sim. Ela perdeu os pais muito jovem. Teve um caminho difícil e se meteu com as pessoas erradas. Acabou em dívida com um cara que se tornou seu cafetão. Ela entrou numa briga de rua para tentar conseguir o dinheiro, e as coisas só pioraram daí em diante."

"Drogas?" Chloe perguntou, encolhendo-se.

"Não. Ele sempre ficou longe dessas coisas."

"O-kay", Chloe arfou, deitando a cabeça no encosto da cadeira e segurando a ponte do nariz. "Posso me atrever a perguntar como você a conheceu?"

"Eu a vi lutando, vi o potencial. Ela tentou fazer um programa comigo, então em vez disso eu a ajudei a pagar a dívida e comecei a ajudá-la a terminar o colégio, etc., etc."

"Que belo Richard Gere você", Chloe disse.

"Ei, eu não dormi com ela."

"Graças a Deus."

"Eu só estou tentando ajudar a garota, ok? Então alguma dessas coisas será um problema?"

"Não contanto que isso tudo tenha ficado no passado. Peça pra ela vir..." ela folheou sua agenda,  "amanhã às 9:30hs. Qual o nome dela?"

"Mia Dearden."

"Certo, vou entrevistá-la, mas além disso, não farei nenhuma promessa."

"Obrigado, Chloe Sullivan", ele disse, e ela podia ouvir o riso na voz dele. Ela se pegou sorrindo um pouco em resposta. "Eu realmente te devo uma, e duvido que você vá se arrepender. Ela é uma ótima garota."

Chloe balançou a cabeça, perguntando-se onde estava com a cabeça. "Sim, tudo bem. Espero que você esteja certo."

"Tchau, Sullivan."

"Tchau, Queen."

E ela desligou, desejando que fosse a última vez que tivesse que pensar em Oliver Queen durante um tempo. Mesmo em Metrópolis, ela não conseguiu completamente escapar dele. Tanto Lois quanto Clark estavam convencidos de que Chloe realmente tinha um relacionamento secreto com ele, e nenhuma quantidade de negação foi suficiente para convencê-los. Ela franziu a testa enquanto se perguntava como seria essa tal Mia Dearden. Mesmo ela não podia negar que era realmente... amável que Queen estivesse investindo tanto no bem-estar da garota. Ela desejava que Mia de fato fosse contratável. Talvez uma prostituta lutadora de rua fosse capaz de lidar com Louise e Vivian.

Mas, tão logo ela pensou no quanto gostaria de não pensar em Oliver Queen, ela recebeu outra ligação.

"Eu quero saber tudo sobre seu tête-à-tête com Oliver enquanto eu estava fora."

"Dinah?" Chloe gemeu.

"Eu volte-ei", sua amiga cantarolou alegremente. "E infinitamente melhor, devo acrescentar. A lua-de-mel foi fabulosa, obrigada por perguntar."

Chloe não se incomodou em apontar que ela não havia perguntado. "Estou feliz que você esteja de volta, Dinah." Não havia razão. Nenhuma quantidade de repreensão conseguiria convencer Dinah de que suas intrigas e formas de manipulação eram erradas.

"Você pode sair para almoçar? Eu estou absolutamente morrendo de vontade de ir ao Ches Benoît's."

"Dinah, hoje eu não posso, que tal jantarmos amanhã?"

"Só se você prometer vir me ver depois do trabalho hoje. Mesmo que você saia tarde. Eu quero colocar as novidades em dia, e eu quero ver meu bebê."

Chloe deu risada. "Se você for até minha casa, pode pegar Tango você mesma. Mas eu vou sentir falta daquele passarinho."

"Ele não é uma companhia maravilhosa?"

"Ele é um pássaro muito charmoso", Chloe concordou, em tom brincalhão. Mas era verdade, a presença do pássaro tinha animado sua casa no último mês. Ela sentiria muita falta dele.

_______
CINCO

______________________________________________________________________________

8 comentários:

  1. A Chloe tá meio Meryl Streep (O Diabo Veste Prada), hein? hahaha
    Contando os minutos pra ver esse muro desabar, ou melhor, pra ver o Ollie derrubar esse muro huahuahua :DDD

    Quero maaais, dooida pra ver o primeiro beijo *-*

    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está né? rs... Ah, Aline, pode esperar que ele vai dar uma voadora neste muro...

      Excluir
  2. Adoro que TODO MUNDO quer bancar o cupido e tornar a Chloe e o Oliver um casal! huahuahauahau

    ResponderExcluir
  3. Chloe cabeça dura, não admiti que o Ollie é um partidão. lindo e gostoso.
    mais um dia a ficha cai, tomara que seja logo.

    Juliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza a ficha vai cair, Juliana! :D

      Excluir
  4. Geeente, espero que estes "encontros" por pura coincidência, continue a ocorrer!! haha

    Muito divertido.... adorando cada vez mais!!!

    GIL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem divertido, né GIL? Só melhora... :D

      Excluir

Google Analytics Alternative