29.3.12

Beauty In The Breakdown VIII - Living Life (parte 3)

TítuloVivendo A Vida
Resumo da série: Com Oliver ao seu lado, Chloe aprende a se libertar, encontrar a paz e se apaixonar.
Resumo da história: Como tudo mais no relacionamento de Chloe e Oliver, o próximo passo não é nada convencional.
Autorababydee1
Classificação: NC-17
Bannersanaazzy

Histórias anteriores:
Beauty In The Breakdown V - Feeling Good
Beauty In The Breakdown VI - Private Chats
Beauty In The Breakdown VII - Sacred Words

Beauty In The Breakdown VIII - Living Life: parte 1 - parte 2





"Temos um problema. Ou pelo menos, eu tenho."

Oliver olhou para sua futura esposa e franziu a testa ao ver sua expressão de desespero.

Tinham que estar na praia em menos de trinta minutos. Fiel a sua palavra, Mario tinha providenciado tudo; chamou um juiz, providenciou as três testemunhas necessárias, alugou um arco floral para a decoração, e reservou um dos salões de eventos do hotel para a recepção que viria depois.

Sim, estava tudo pronto... menos a noiva.

"O que foi?" ele perguntou. Felizmente, pelo jeito que ela procurava em sua bagagem de mão, o problema parecia estar relacionado a roupa para a ocasião, ou a falta dela.

Ele estava certo.

"Eu não tenho nada pra vestir!" ela choramingou. "Tudo que eu trouxe foi uma lingerie sexy, um vestido de verão para a praia, e uma troca de roupa íntima."

O rosto dele se iluminou com um sorriso. "Você me ganhou na parte da 'lingerie sexy', bella. Parece excelente pra mim."

"Não para um casamento." Ela cruzou os braços e fez um bico gracioso. "Se eu soubesse que ia me casar nesta viagem, teria prestado um pouco mais de atenção ao que estava trazendo."

"Ok, linda, calma", ele disse. "O que você disse que trouxe?"

Ela abriu a bolsa. "Duas camisolas, duas calcinhas limpas... e isso." Ela ergueu o vestido de verão branco.

Os olhos de Oliver se iluminaram. "Esse vestido é perfeito."

Ela piscou e franziu a testa para o vestido. "Sério?"

Ele sorriu. "Querida, eu não me importo com o que você vai vestir, contanto que você diga 'sim'."

"Mas eu não posso usar isso se você vai estar do meu lado num terno!" ela reclamou.

Ele deu de ombros. "Então eu não vou usar um terno." Ele foi até o armário e procurou por alguns segundos antes de finalmente retirar um item. "Eu vou usar isso."

Chloe ficou boquiaberta. "Você está falando sério?"

"Nunca falei tão sério em toda minha vida."

"Você quer se casar usando uma bermuda?"

"Eu só quero me casar", ele disse. "Com você."

***

Chloe olhou para Oliver e abaixou a cabeça envergonhada.

Ela se sentia uma grande idiota. Ali estava aquele homem lindo, maravilhoso e sensível cujo amor por ela era tão puro e forte que quase a fazia chorar com a beleza disso. Ele a adorava, e queria se casar com ela para que pudessem compartilhar suas vidas.

...e ela estava obcecada com uma roupa estúpida?

Ela expirou e respirou fundo. Sim, ela era uma completa idiota.

Rapidamente ela caminhou até ele e passou os braços ao redor de sua cintura, descansando a cabeça na curva do pescoço dele.

Ele acariciou o cabelo dela afetuosamente. "Esquecido e perdoado, meu amor. Eu sei que você só quer estar linda no dia do seu casamento, mas você não precisa de um enorme vestido branco pra ficar bonita, Chloe. Você já é."

Oh, ele sempre sabia o que dizer. Ela sorriu e levou os lábios até os dele para um beijo, ao que ele respondeu calorosamente.

"Além do mais", ele continuou quando levantou a cabeça. "...você realmente quer outro casamento pomposo, especialmente depois do que aconteceu da última vez?"

"Você tem razão", ela admitiu, levantando a cabeça. "Tudo está planejado e organizado, sem falar no dinheiro que iríamos jogar fora. O casamento foi um total desastre e depois foi ainda pior."

"Bem, nada disso vai acontecer desta vez", ele prometeu solenemente.

"Mas você já viu meu vestido", ela pontuou com a testa franzida. "Dizem que dá azar, não é?"

"Não pra nós", ele disse, sua voz confiante. "Nunca pra nós. Toda a porcaria que enfrentamos nossas vidas inteiras só serviu para nos aproximar, e tenho certeza que já nos livramos de qualquer carma. Estar com você é a melhor coisa da minha vida."

Chloe sentiu os olhos umedecerem com as lágrimas e sorriu pra ele. "Idem", ela disse. "Tudo que você disse. E eu amo nossas roupas de casamento."

"Você ama?"

"Aham, é bem nossa cara. Estamos elevando o não-convencional a outro nível."

Ele franziu a testa. "Não sei. Acho que existe ainda um elemento tradicional aqui", ele observou. "Quer dizer, minha bermuda é preta e seu vestido é branco."

"E é aí que todas as conformidades começam e terminam", ela declarou, já entrando no vestido. "Vai se arrumar, docinho, não queremos nos atrasar para o nosso próprio casamento."

Ele se vestiu rapidamente enquanto ela se maquiava, então correu uma escova pelo cabelo e colocou algumas pulseiras. Assim que ela terminou, Oliver se aproximou e segurou suas mãos.

"Eu tenho que tirar isso de você agora", ele sussurrou, retirando a aliança do dedo dela, mas deixando o anel de noivado. "Eu te devolvo depois dos votos, ok?"

"Ok."

"Então... pronta para acrescentar meu nome ao seu?"

Ela assentiu. "Mais do que pronta."

"Ótimo." Ele sorriu e pegou sua mão, e juntos saíram da suíte.

***

Trinta minutos depois eles estavam parados sob um toldo diante de um juiz nas areias brancas de uma praia privada. Estavam embaixo de um lindo arco floral decorando com tulipas amarelas e gérberas brancas, o aroma suave completando a atmosfera romântica. Oliver olhou para as flores e sorriu, então pegou uma gérbera e colocou no cabelo dela.

"Pronto", ele murmurou. "Agora você parece uma noiva de capa de revista."

Chloe deu risada e então mentalmente se mandou calar enquanto esperavam a cerimônia começar.

Karenna, a funcionária do hotel, se sentou em uma das três cadeiras sob o toldo como uma das três testemunhas. Ela tinha um enorme sorriso no rosto e um lencinho na mão, que ela frequentemente usava para enxugar as lágrimas. As outras testemunhas também eram funcionários do hotel, de onde era também o responsável pela câmera que tirava as fotos com muita seriedade.

O juiz, na verdade uma juíza, por volta dos cinquenta anos, parecia não conseguir tirar os olhos do peito nu de Oliver. Chloe estava tendo dificuldade em não dar risada toda vez que pegava a mulher distraída de sua tarefa.

"Você tem as alianças?" ela conseguiu perguntar e Oliver as retirou do bolso de trás. Chloe rapidamente entregou seu buquê de tulipas e gérberas para Karenna enquanto Oliver entregava as alianças a juíza, que administrou um curto discurso antes de devolver a ele.

"Escrevemos nossos próprios votos, se estiver tudo bem", ele disse. A juíza assentiu e ele pegou a mão de Chloe e muito gentilmente deslizou a aliança em seu terceiro dedo e olhou dentro dos olhos dela.

"Minha Querida Chloe", ele começou. "Quando duas metades do mesmo coração se encontram contra todas as probabilidades é a coisa mais linda do mundo. O amor que eu compartilho com você anima e enriquece cada fibra do meu ser. Eu te amo, Chloe Ann Sullivan e não quero nada além de passar o resto da minha vida te dando meu amor e recebendo o seu."

O coração de Chloe se encheu de emoção quando ele reverentemente repetiu as palavras que tinha dito a ela naquela mesma manhã. Ali, sob o toldo, as palavras pareciam ganhar um significado mais profundo e um calor lânguido atravessou todo seu corpo enquanto ele continuava.

"Eu prometo te amar cada segundo de cada dia, cada dia de cada semana, e cada semana de cada ano que Deus nos der", ele declarou solenemente. "Eu vou te amar nos momentos de tristeza e nos momentos de alegria; nos momentos de prazer e de dor; nos momentos de abundância e nos de necessidade.

"No imprevisível mar da vida, eu vou segurar sua mão e nunca vou soltar", ele disse suavemente. "Estamos unidos no amor, você e eu; e na força desse amor e na fé nessa união, eu declaro que em toda e qualquer tempestade que a vida nos lançar estaremos sempre juntos, como se fôssemos um só."

Alguma coisa na seriedade daquelas palavras mandaram um arrepio pela espinha dela e na mente de Chloe o tempo de repente pareceu parar por um segundo.

Ela tinha, até esse momento, visto seu futuro com Oliver com os óculos idealizados do 'felizes-para-sempre'. Mas no fundo ela sabia, os dois sabiam, que a vida algumas vezes podia te jogar num furacão quando fosse menos esperado, e as coisas podiam mudar dramaticamente numa questão de segundos e nunca mais serem as mesmas.

Pra ela, esse momento tinha sido o dia em que, aos cinco anos de idade, desceu as escadas de sua casa num vestido de verão amarelo e descobriu que sua mãe tinha ido embora e seu pai estava com lágrimas nos olhos e um sorriso fixo no rosto, tentando não queimar os waffles que fazia pra ela.

Para Oliver, tinha sido o dia em que finalmente aceitou em seu coração que seus pais tinham ido embora, e que nunca mais voltariam.

Mas tão rápido quanto surgiu, o pensamento desapareceu e ela se concentrou no sorriso ensolarado do homem parado em sua frente. Oliver estava certo; eles tinham sofrido mais do que mereciam e era hora de serem felizes. Se havia dor esperando no caminho, eles passariam juntos.

Como se sentisse os pensamentos sombrios dela, ele apertou gentilmente sua mão. Ela logo piscou para evitar as lágrimas e sorriu enquanto Oliver deslizava o gelado pedaço de metal em seu dedo, empurrando gentilmente até alcançar o anel de noivado, que tinha pedras de diamante e esmeralda no topo.

Ele olhou para suas mãos unidas e sorriu. Seus dedos se fecharam ao redor dos dela e ele encontrou seu olhar novamente.

"Eu prometo sempre confiar no amor que sentimos um pelo outro", ele continuou. "Eu prometo sempre ser completamente honesto com você. Eu vou confiar em você e só em você. Eu prometo dividir tudo que eu sou e tudo que eu tenho com você. Meu coração e o seu agora são um e o mesmo diante de Deus, e diante das testemunhas aqui presentes."

Ele parou e sorriu pra ela, seu olhar irradiando apenas amor.

"Seja minha esposa, Chloe", ele disse, seus olhos suspeitosamente brilhantes. "Case-se comigo. Eu amo você."

Chloe vagamente ouviu um reverente 'aww' das três testemunhas, mas tudo ao seu redor desapareceu na presença do homem diante dela.

"Eu aceito", ela disse, um sorriso brilhante no rosto enquanto as lágrimas de alegria que antes ameaçavam, agora caíam. "Eu aceito."

Houve palmas e felicitações do pequeno grupo ali reunido e um sorriso deslumbrante surgiu no belo rosto de Oliver. Chloe pegou a segunda aliança da mão da juíza e levou até o dedo de Oliver.

...e então se lembrou que não tinha preparado um discurso.

Oliver deve ter percebido a mudança em sua expressão porque ele abaixou a cabeça e sussurrou em seu ouvido. "Você quer usar os votos tradicionais? Eu não me importo..."

Ela balançou a cabeça e sorriu. "Não, Oliver, tudo bem; eu sei o que vou dizer. Eu juro."

Ele assentiu e gentilmente acariciou seu rosto com o dedo. "Ok. Eu confio em você."

***

__________
Continua...

________________________________________________________________________________

19 comentários:

  1. Vou ali morrer um pouquinho com os votos do Ollie e já volto ;)

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, que lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ollie arrasa total, se sou eu a noiva, não ia mais conseguir parar de chorar... simplesmente lindo!!!!!!!!

    Edicleia

    ResponderExcluir
  3. Maria Eduarda29 março, 2012

    Ai, *lágrimas*.... simplesmente lindo demais!!!!! Os votos do Ollie me fizeram derreter e eu esqueci qualquer outra coisa que eu ia dizer... Agora, quero ver os da Chloe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. daqui a pouquinho, Maria Eduarda... :D

      Excluir
  4. O Oliver caprichou rsrs

    ResponderExcluir
  5. Linda fic. :D
    OS votos do Ollie foram maravilhosos. Ele passa uma segurança incrível dos sentimentos dele pela Chloe, ele está seguro disso. :D

    ResponderExcluir
  6. A babydee1 sempre arrasa nas histórias... eu amo essa série e não tenho palavras pra agradecer ao blog, pq sem vcs eu jamais teria a oportunidade de acompanhar uma história tão linda...

    Patrícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela arrasa totalmente, né? Tb amo essa série, é perfeita... Obrigada, nós é que agradecemos sua companhia... :D

      Excluir
  7. Ahhhhhhhhh Babydee!!!!!!!!!!!!! Arrasou!!!!!!!! Quê que foram esses votos minha gente? E ainda tem os da Chloe, não sei se meu coração aguenta!!!!! rs... Lindo!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aguenta firme aí, Raquel... os votos da Chloe já já... :D

      Excluir
  8. Gente que lindo, que perfeição... *-*
    Será que a Chloe vai supera-lo? Porque eu no lugar dela, depois destes votos, tinha perdido a fala... aiaiai

    GIL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também ia ficar sem fala, sem rumo, rs... Ollie é muito perfeito, né? :D

      Excluir
  9. Hello, everyone! I'm so pleased you're all enjoying the story, and the series as a whole. Thank you for all your lovely comments, I will try to complete the next two chapters next week! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babydee, you're AWESOME!!!!!! Thank you for this story...

      Excluir
    2. Thank YOU for this story... YAY, can't wait to read... :D

      Excluir

Google Analytics Alternative