8.1.12

Late Night Visitors

Título: Visitantes da Madrugada
Prompt: 'Retorno, Uniforme', escrita para o Porn Battle
Autora: sxymami0909
Classificação: NC-17




Chloe acordou com a sensação fria das mãos enluvadas atrás de suas coxas. Seu coração disparou erraticamente enquanto tentava se virar, mas a força de uma mão pressionada em suas costas a manteve no lugar. Ela lutou levemente antes da voz distorcida alcançar seus ouvidos.

"Não se mexe."

Ela congelou o pânico que se instalou em seu estômago e relaxou quando reconheceu a voz do intruso. Seu coração disparou contra o peito, mas desta vez não de medo. Ele se mexeu, mãos voltando para sua panturrilha e empurrando suas pernas pra frente até ela estar de quatro.

Quando ela tentou levantar o corpo ele a impediu com a mão entre seus ombros, empurrando seu rosto de volta contra o travesseiro. Ele se inclinou sobre seu corpo levemente, o hálito quente atingindo seu rosto enquanto o corpo coberto por couro se aproximava do seu.

"Esta noite vamos seguir minhas regras. Segura na cabeceira da cama e não solta." Quando ela não seguiu suas instruções imediatamente, ele se sentou sobre os calcanhares, subiu a camiseta que ela usava pra dormir, uma camisa sua, deixando sua bunda descoberta e deu um tapa.

Chloe deu um grito surpreso e imediatamente estendeu as mãos para segurar a cabeceira com força, uma onda de excitação atingindo seu corpo. Oliver olhou para a calcinha de renda que cobria sua bunda e deslizou sua mão entre as coxas, não se importando em tirar a luva, e começou a acariciar sua fenda através da renda.

Chloe gemeu, mexendo os quadris levemente, tentando aumentar a pressão do dedo dele contra ela. Ele falou e mesmo com o distorcedor ela podia ouvir o tom de alerta em sua voz. "Não se mexe..." Ela mordeu o lábio forçando os quadris a não se mexerem enquanto ele aumentava a pressão do dedo, esfregando seu clitóris, fazendo seus sucos umedecerem a calcinha.

Oliver lambeu os lábios enquanto olhava para a loira em sua frente, bunda ao ar, rosto pressionado contra o travesseiro, cabelos espalhados ao redor. Esse era um raro momento pra ele, tê-la abrindo mão do controle e fazendo o que ele mandasse... e ele gostava.

Ele moveu os dedos, agarrando a calcinha e a puxando pra trás até o tecido deslizar entre os lábios de sua b*c*t*. Ele moveu a perna, seu joelho forçando as pernas dela a se abrirem mais enquanto ele continuava puxando a calcinha pra trás e pra frente em movimentos rápidos.

Chloe deu um alto gemido e os nós de seus dedos ficavam brancos ao agarrar a cabeceira com mais força. A textura áspera do tecido esfregando seu clitóris criando uma dor deliciosa em seu ventre. Ela o ouviu dar risada enquanto aumentava o ritmo de sua mão.

"Você gosta, não é? É bom, Sidekick?" Chloe não pôde evitar o jeito que seu corpo se movia tentando criar mais pressão para que pudesse gozar. "Oh Deus... mais..." Ele deu um risinho, puxando o tecido com mais força, fazendo o tecido entrar ainda mais fundo em sua pele sensível.

"Mais o quê? Me diz o que você quer que eu faça, Chloe..." O rosto dela vermelho com a exigência e ela lambeu os lábios para umedecê-los, a voz rouca quando falou. "Toque em mim..." Ele segurou o quadril dela com uma mão enquanto a outra continuava a esfregar o tecido contra ela.

"Onde?" Ela não respondeu e ele continuou a ver seu corpo se batendo no ritmo de suas ações, respirando pesadamente enquanto gemia alto. Ele podia dizer que ela estava perto e quanto ela acelerou os movimentos, ele afastou a mão, soltando a calcinha e ela choramingou quando a pressão contra seu clitóris recuou.

"Não pára... eu estava tão perto, por favor... Ollie, me toca." Ele desceu uma mão até a calça, abaixando a calça de couro até conseguir libertar seu mastro. Ele segurou o pau e começou a bombeá-lo lentamente enquanto falava.

"Esquece... se você não pode me dizer o que quer, não vai receber nada. Eu quero que você solte uma mão da cabeceira e se toque." Ela hesitou por um segundo antes de descer uma mão sob o corpo.

Ela empurrou a calcinha molhada para o lado e deslizou um dedo dentro dela, gemendo enquanto começava a se acariciar. Oliver assistiu, seu pau espasmando enquanto ela introduzia outro dedo, quadris se batendo de encontro aos dedos.

Ele não achava que já tivesse visto nada mais erótico e ele já tinha visto muitas coisas. Ele gemeu enquanto aumentava o ritmo de sua mão. "Toca o seu clitóris pra mim." Chloe engoliu em seco enquanto pressionava o polegar sobre o clitóris, esfregando com força.

As sensações a invadiram, sabendo que ele estava lhe assistindo, fazendo-a chegar ainda mais ao limite. Ela podia sentir suas paredes pulsando levemente e sabia que estava perto de gozar. Aparentemente Oliver também.

Ele segurou a mão dela e a colocou de volta na cabeceira, enquanto se inclinava sobre ela, agarrando seus pulsos com força, mas sem machucar. Ela choramingou sob seu corpo, frustração clara em sua voz. "Droga, Ollie! Eu estava tão perto."

Ele deslizou uma mão pelas costas dela e sobre a curva de sua bunda até seus quadris. Puxou a lateral da calcinha, partindo o elástico, tirando-a do caminho enquanto alinhava seu pau na entrada dela, por trás.

Ela podia senti-lo duro contra ela e gemeu enquanto tentava ficar mais perto dele, mas ele não deixou. Havia um tom de diversão e frustração em sua voz enquanto falava. "Me diz o que você quer..." Ela girou os quadris xingando quando sentiu a cabeça do mastro dele deslizar contra sua fenda, esfregando seu clitóris.

"Eu quero que você me foda... oh..." Ele se empurrou dentro dela com um movimento só, uma mão segurando seu quadril enquanto a outra soltava seus pulsos e segurava seu outro quadril. Sua respiração estava pesada enquanto ele se jogava pra frente e a puxava contra ele, suas bolas batendo com força na bunda dela.

Ela estava tão apertada e enquanto choramingava embaixo dele, foi ficando cada vez mais vocal a cada empurrão. Chloe podia senti-lo alargando seu corpo enquanto a preenchia seguidas vezes, angulando seus movimentos até atingir aquele ponto que a deixava louca. "Sim, oh Deus, mais forte..."

Oliver grunhiu, dedos cravando em seus quadris enquanto seu corpo se movia rápido pra frente forçando-a mais fundo contra o travesseiro enquanto ele descia uma mão enluvada embaixo do corpo dela, roçando os dedos contra seu clitóris. Ela se bateu pra trás contra ele enquanto ele se movia mais rápido, esfregando seu clitóris com mais força.

As mãos dele deixando seu corpo em chamas, o suave couro da luva deslizando sobre seu clitóris e fazendo-a umedecer ainda mais o material da luva mais rápido do que seu dedo descoberto seria capaz. Ela arfou enquanto ele se afundava dentro dela.

A pressão dentro de seu corpo era demais e ela não conseguia mais aguentar. Ele girou o polegar ao redor do clitóris dela mais vez e ela gozou chamando seu nome, seus músculos internos apertando e o sugando dentro dela como um aspirador enquanto ele continuava a bater os quadris contra os dela, a mão dele ainda se movendo sobre sua pele sensível.

Chloe gemeu e quanto ele sentiu o corpo dela deslizando ele segurou os quadris dela em pé. Ele podia sentir o formigamento na base de sua coluna enquanto suas bolas apertavam deixando-o saber que estava perto. Ele bateu o corpo contra ela descontroladamente, seus dedos ainda se movendo contra o clitóris dela.

Oliver grunhiu quando a ouviu gemer mais uma vez embaixo dele, os murmúrios lhe dizendo que ela estava perto de gozar novamente. Ele a abriu ainda mais e se bateu fundo dentro dela. O corpo de Chloe estava ficando tenso novamente com a familiar sensação aumentando dentro dela e quanto ele fechou os dedos sobre seu clitóris, apertando-o, ela gozou de novo, mais forte que antes.

Oliver fechou os olhos, o corpo dela o apertando, pulsando ao redor de seu pau e ele finalmente explodiu dentro dela. Alguns minutos depois ele se retirou devagar. O corpo dela despencou sobre a cama exausto e ela o ouviu lutando contra os zíperes e roupas antes de subir na cama ao lado dela, completamente nu.

Ela moveu o corpo na direção dele e ele passou um braço ao seu redor, beijando sua testa levemente. Ela se inclinou, deitando a cabeça no peito dele, embaixo de seu queixo. Sua voz baixa quebrou o silêncio. "Quando você voltou?"

Oliver sorriu. "Pouco antes de escalar até sua janela."

Ela deu risada, a voz suave. "Senti sua falta."

Ele sentiu o coração aquecer às palavras enquanto a apertava ao lado dele. "Também senti sua falta, Sidekick... da próxima vez eu voto que você vá pra Star City comigo... sete dias sem minha loira favorita é muito tempo."

Ela revirou os olhos. "Aposto que sim... da próxima vez tente não me causar um ataque cardíaco."

Ele deu risada, fechando os olhos enquanto ela se aconchegava ao seu lado. "Tá bom."


_______________________________________________________________

11 comentários:

  1. Foi quente hehe

    ResponderExcluir
  2. Ah gente, eu estava dando uma olhada no arquivo do blog e a última NC-17 foi postada sei lá, há mais de dois meses, porque aí era fim de ano, correria, e estávamos traduzindo a trilogia Luthor num esforço coletivo e quando terminei de traduzir o último capítulo de Road, pensei que estávamos precisando de uma fic leve, descompromissada e HOT, estava fazendo falta né? rs... Pra nos recuperarmos de todas as fortes emoções que vivemos com a trilogia Luthor...

    Espero que tenham gostado, escolhi mais duas hots pra traduzir, tomara que vcs também gostem, assim que eu terminar, posto...

    Kisses, folk...

    ResponderExcluir
  3. Haha, verdade, Angelique... pensou certo... acho que precisamos de umas fics lights agora e obviamente hots são muito bem vindas... :D

    ResponderExcluir
  4. Angelique mandou bem, hots são muito bem vindas nesse momento rs

    ResponderExcluir
  5. Sempre acompanho, mas comento raramente. Muito bom o trabalho feito aqui no blog. Parabéns mesmo. Tradução impecável, qualidade então... sensacional. E essa fic HOt, hehe Bão demais. (A)

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Caio... que bom que gostou... Volte sempre, hein... :D

    ResponderExcluir
  7. Bow chicka wow wow...hehehehehehe
    Hot!!!

    ResponderExcluir
  8. UIIIIIIIIIII

    depois disso fica até dificil comentar rs

    Vilm@

    ResponderExcluir

Google Analytics Alternative