10.11.11

24 Hour Pharmacy

Título: Farmácia 24 Horas
Resumo: Oliver Queen está numa missão - entrar, sair e não ser pego... as coisas não ocorrem conforme o planejado.
Autora
: incrowder
Classificação: PG

>>>indicada na categoria 'Comedic' do Chlollie Awards 2010.




"Tem alguma coisa que você queira me contar, Ollie?"

Oliver soltou as duas caixas que estava olhando; elas caíram no chão com um barulho surdo, uma pulando na direção da pessoa parada à sua direita, caindo perfeitamente aos seus pés. Por um breve momento, Oliver considerou fugir, diabos toda a situação já era embaraçosa o suficiente sem ela no meio, mas ele sabia que ela o localizaria dentro de segundos. Ele encarava o perigo diariamente e ainda assim, encará-la... era algo para o qual não estava preparado. A missão era simples, entrar e sair sem ser visto, tinha feito isso centenas de vezes como Arqueiro Verde, mas uma simples visita a farmácia como Oliver Queen, ele era incapaz de fazer.

Ele se virou apreensivo na direção dela. Viu que ela estava segurando as duas caixas nas mãos, um sorriso nervoso em seu rosto. Ele se tornou rapidamente defensivo, não querendo que ela tivesse a impressão errada.

"Não são minhas!" No segundo que as palavras saíram de sua boca, ele quis se dar um tapa. Aqui estava ele, Oliver Queen, diretor administrativo durante o dia, Arqueiro Verde à noite, agindo como um adolescente. Algo sobre estar na presença dela vinha fazendo isso com ele ultimamente.

"Claro que não são, você ainda não pagou." Ela brincou apontando para o espaço entre eles e pegou a outra caixa que estava no chão.

"Não são pra mim." Oliver esclareceu, observando enquanto ela lia os rótulos das caixas.

"Ollie, a não ser que você tenha nascido mulher, isso obviamente não é pra você." Ela acenou com o objeto na frente do rosto dele e Oliver deu um passo pra trás.

"É para uma amiga." Quando ela ergueu as sobrancelhas e antes que ela pudesse deduzir que aquilo estava conectado a ele, ele continuou. "São para Mia." Quando ela ergueu as sobrancelhas ainda mais, ele sabia que só estava se afundando ainda mais.

Correndo uma mão pelo cabelo e expirando, ele sabia que precisava explicar e rápido, antes que ela achasse que logo haveria um bebê Queen correndo por aí.

"Relaxa, Oliver", ela disse cutucando ele com o ombro. "Mia me ligou." Agora era a vez dele erguer uma sobrancelha. Desde quando sua protegida ficava tão a vontade com ela, especialmente quando ela não tinha sido capaz de formular uma frase há menos de uma hora?

"Digamos apenas, Ollie, que essa é uma missão para a qual você precisa de uma sidekick." Ela passou as caixas pra ele antes de pegar mais duas na prateleira.

Oliver deu um risinho com a resposta. Ela nunca se referia a si mesma como sidekick; vinha chamando ele de sidekick ultimamente.

"Você é muito mais do que uma sidekick." Ele disse todo sério enquanto se virava pra ela. Eles estavam a meros centímetros de distância. Chloe estava olhando pra ele, e ele estava olhando pra ela. "Você é uma heroína ao seu próprio jeito, Chloe Sullivan. Você é minha heroína."

Eles ficaram com o olhar um no outro pelo que pareceu uma eternidade. Tudo em Oliver lhe dizia para agarrá-la e beijá-la, mas ficou paralisado no lugar enquanto assistia um milhão de emoções cruzar o rosto dela. Ele foi surpreendido por ela se atirando na direção dele, soltando as caixas que estava segurando no chão enquanto segurava sua nuca e o puxava mais perto. Os lábios dela estavam nos dele, ele ficou imóvel por um segundo antes de puxá-la mais perto, soltando as caixas e deixando suas mãos encontrarem o caminho até o corpo dela, algo com o qual ele ficava cada vez mais familiar nos últimos dois meses.

"Chloe!... Oliver!"

Os dois rapidamente se separaram quando ouviram o grito estrangulado de seus nomes.

Eles olharam na direção da causa da interrupção. Parado no final do corredor estava Clark Kent; os ítens que ele vinha previamente segurando, descartados no chão enquanto olhava pra eles chocado.

Ele moveu os olhos de seus amigos para os objetos aos seus pés. Sua boca abriu.

Ele olhou para Chloe e gritou. "Isso são testes de gravidez?"

____________________________________________________________

7 comentários:

  1. Eu adoro essa fic... rs... excelente pra quebrar a tensão de A Fine Line e é muito fofinha... o Ollie todo enrolado nas palavras é perfeito. lol

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Adorei, imagino perfeitamente a cara dele vivendo uma situação dessas... E a Chloe nem pra facilitar rs...

    Priscila

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkk

    Muito bom!!!

    GIL

    ResponderExcluir
  4. Oh gosh, eu não acredito que esse site existe. Eu nunca pensei que pudesse existir tanta fic Chlollie! Era o que eu estava procurando.
    Preciso dar um abraço em quem criou e em quem tá traduzindo as fics! Omg, nem sei o que dizer da fic também! Perfeita +1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, Beatriz, nos sentimos todos abraçados... somos 5 aqui dedicando parte do nosso tempo ao casal mais fofo EVER!!!!! :D

      Excluir

Google Analytics Alternative