3.5.13

Movie Night Kisses

Título: Noite de Filmes
Resumo: Chloe, Oliver, noite de filmes. Universo Alternativo, Davis não existe e Jimmy não está morto. Ele e Chloe apenas decidiram seguir caminhos diferentes. 
Autora: greenteam4ever
Classificação: PG-13
Tradução: Paula. Bem-vinda ao time, Paula!!!! :D





“Ah, vamos lá! Eu escolhi um dos filmes de ação mais brutais, e ainda tem romance!” Chloe revirou os olhos em irritação ao casal se beijando na tela.

Ela e Oliver estavam sentados no sofá da sala de estar dele para o que havia se tornado sua típica noite de filme. Ninguém se lembrava de quando a tradição começou, mas a cada sábado que Chloe aparecia na Torre do Relógio, eles pediam comida e bebidas, e então se revezavam escolhendo filmes. Hoje eles teriam pizzas e vinho. Não era exatamente uma combinação excelente, mas era algo para o qual Chloe estava no clima. Desde que Chloe tinha se juntado a equipe de Oliver em tempo integral, eles foram se aproximando. E agora, com Clark distanciando-se mais e mais de sua vida, Chloe poderia categoricamente chamar Ollie de seu melhor amigo.

''Não é uma fã de momentos românticos, Sidekick?'' Oliver sorriu, olhando-a com o canto do olho.

''Não é que eu não seja fã, é apenas, sabe, meu histórico não é o melhor'', ela respondeu, terminando seu vinho e colocando o copo sobre a mesa.

''Sim, você tende a atrair todos os tipos de caras errados.''

Ela riu com isso, suas bochechas um pouco rosadas do vinho que tinha consumido. ''É verdade, mas isso não abrange tudo. Houve Jimmy, o agradável e gentil cara da porta ao lado. E eu consegui estragar até isso.” O sorriso de Chloe ficou triste.

“Vamos lá, você não estragou tudo. Você sabe que ele não era o cara certo para você. Por falta de uma palavra melhor, ele era muito normal.” Oliver fingiu uma encolhida e piscou para ela.

''Eu sei, você está certo, normal não é para mim. Mas olhe para mim agora. Eu estou me transformando em uma solteirona que odeia casais se beijando!'' Ela bufou. “Deus, eu provavelmente até esqueci como fazer isso!” Ela riu um pouco amargamente mais para si do que para Oliver.

Oliver sorriu pra ela. Ele a achou adorável com aquele olhar no rosto e as bochechas levemente coradas do álcool.

“Quer saber, eu posso te ajudar com isso.” Os cantos de seus lábios se curvaram para cima.

''Como?'' Ela respondeu, rindo novamente. ''Você vai me mostrar um curso em vídeo?''

“Não, é algo mais real”, ele disse enquanto puxava a mão dela. “Vem cá.”

''Ollie, o que você está fazendo?'' Chloe riu, mas não lutou contra ele enquanto se acomodava em seu colo.

Oliver olhou em seus olhos verdes levemente confusos. ''Bem, como você está chateada, eu sinto que é meu dever deixá-la melhor'', ele sussurrou, inclinando a cabeça para frente experimentalmente, cada vez mais perto de seu rosto.

Chloe se sentiu um pouco tonta por causa do vinho, e ela sabia que aquilo não era bom. Mas, quando olhou nos olhos dele, sentiu-se compelida, incapaz de resistir. Era como se ele a tivesse enfeitiçado. Ela lentamente diminuiu a distância entre os lábios, os olhos se fechando.

Os lábios macios dele encontraram os seus e não foi como nada que ela tivesse imaginado. Chloe colocou os braços em volta do pescoço de Oliver enquanto uma das mãos dele viajou sua coluna acima e se emaranhou em seus cabelos. Com o outro braço, ele a puxou mais perto de seu corpo. Um suave gemido escapou dos lábios de Chloe, e ela sentiu Oliver aprofundar o beijo. Ela respondeu da mesma maneira, ouvindo Oliver grunhir do fundo de sua garganta. Talvez ela não tivesse perdido suas habilidades afinal.

Quando o ar se tornou um problema, ela puxou os lábios dos dele, mas sua boca imediatamente trilhou um caminho para baixo em sua garganta. Ela o apertou inconscientemente.

''Ollie,'' ela engasgou.

''Chloe'', ele murmurou de volta.

“Precisamos... Precisamos... Parar”. Chloe conseguiu dizer. Ela puxou o corpo para longe de sua boca, mas não para fora de seus braços.  “O que estamos fazendo?” Ela sussurrou. “Isto não está certo."

Oliver lhe deu um olhar incrédulo.

“O que não está certo nisto? Você não percebeu? Todas essas noites de cinema que temos a cada fim de semana, todos esses cafés que eu trago todas as manhãs, todas essas chamadas, textos e e-mails? Isso não diz nada para você?''

Chloe gaguejou um pouco a isso. ''Bem, eu... Eu pensei que você estivesse apenas sendo um bom amigo. E o chefe. Oh meu Deus, você é meu chefe!'' Ela exclamou, colocando uma mão sobre a boca.

“Tecnicamente, você é a única que está mandando em mim”, Oliver apontou, delicadamente pegando a mão dela de seu rosto. “E suponho que um bom amigo não iria querer beijar você toda vez que estivessem juntos no mesmo quarto'', ele sorriu para ela. "Então, se essas são suas únicas objeções, vamos continuar?"

Chloe ainda tinha dificuldade em acreditar no que estava acontecendo. Todo o tempo que ela gastou tentando superar seus sentimentos por seu melhor amigo – definitivamente tinha algum deja vu aí - Oliver estava tentando conquistá-la.

Ela acariciou delicadamente o cabelo na parte de trás do pescoço dele, olhando diretamente em seus olhos esperançosos. Agora não havia mais necessidade de esconder dele como se sentia. ''Acho que é uma ótima ideia,'' ela disse, tocando seus lábios nos dele.

Oliver sorriu contra seus lábios. Esse beijo não era tão ardente e exigente como o primeiro, era gentil e suave, ainda mais apaixonado. Oliver começou a aprofundá-lo, mas de repente, Chloe se afastou com um olhar preocupado em seu rosto.

“Espere, então isso significa que não vai haver mais o café da manhã na Torre de Vigia?"

“Não, isso significa que eu estarei levando seu café na cama.” Ele sorriu e puxou os lábios dela para perto dos seus novamente.

_______________________________________________________________________

8 comentários:

  1. Tâo fofo....amei essa história. Ollie como sempre perfeito!!!

    ResponderExcluir
  2. Também adorei a fic, Paula. Excelente escolha e tradução maravilhosa!!!!! Parabéns! :D

    ResponderExcluir
  3. Que doçura essa fic, uma fofura mesmo!!! *-*

    Parabéns, Paula! Que venham mais! =DD

    GIL

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh sim café na cama é bem melhor ......

    Alice

    ResponderExcluir
  5. Oba, sangue novo no pedaço, rs... Fic muito legal, Paula. Valeu pela tradução e seja bem-vinda!!!

    Edicleia

    ResponderExcluir
  6. Boa noite gente, esse blog é uma delícia e fiquei feliz em poder contribuir um pouquinho e feliz por vocês terem aprovado.

    Já estou traduzindo mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba!!!!! :DDDDD

      Excluir
    2. Ô, maravilha!! \o/

      GIL

      Excluir

Google Analytics Alternative